Celso Corrêa de Freitas

Poeta, Escritor e Articulista.

Nascido em Itaperuna, RJ, aos 26 de agosto de 1954.
Membro da Casa do Poeta Brasileiro de Praia Grande-SP desde 26/08/2004 (entrei no dia do meu aniversário, foi um presente que me dei!) e seu Presidente até Março de 2010.
Reside em Praia Grande, onde ampliou sua família, desde fevereiro de 1996. Colaborador ativo nos jornais e demais meios de comunicações (Blogs e Sites) , através dos seus artigos e inserções. Sua classificação no 1º Concurso de Poesias Fernando Pessoa lhe permitiu participar da antologia "Poesia e Liberdade" que lhe abriu as portas para sua segunda antologia "Poesia e Amor" e sedimentou a sua posição no cenário poético com os livros "Poeta, Profissão: Homem","Destino em Transição" e a Antologia " São Paulo-450 anos em Prosa e Versos". Autor também dos livretos "SÍTIO DO CAMPO EM CORDEL" e "OS PORTAIS DE MIM" e colaborou no projeto educacional que gerou o livreto "OS POETAS DA EJA".

"E ai, as palavras, mostram aquilo que em mim busca sempre sobreviver...O meu pensamento latente que de repente exagerado explode dentro do meu ser, levando a minha opinião, até você".

Confrade Efetivo.






MADRES DE DIOS
Celso Corrêa de Freitas


Belezas intrigantes
De realidades diferentes
Em faces púrpuras.
Devaneios dementes
Lançados as alturas
Por olhos salientes,
Despejando sonhos
Sobre saltos crescentes.
Que expõe a coragem,
De não estar e nem ser
E muito menos ter,
Mas sim se perder
Sobre o corpo ainda quente
De quem acabou de dar,
Um passo a frente.
Para atirar-se sobre o vazio imponente
Da primeira e inútil semente
Que insiste em brotar,
Nos ventres das Madres
De Dios... diariamente.

Celso Corrêa de Freitas












Confraria Artistas e Poetas pela Paz - Todos os direitos reservados
Formatação e layout por Rosângela Coelho