08 DE MARÇO - 2013
Dia Internacional da Mulher
-CIRANDA ESPECIAL
MULHER-


Encerramento Ciranda Especial
Homenagem do Poeta, confrade e Vice-Presidente
CAPPAZ - Regional São Paulo
Paulo Rodrigues



Mulheres CAPPAZ
Paulo Rodrigues

Mulheres CAPPAZ
que com delicadeza e sensibilidade
fazem das letras belos poemas
para dar vida aos nossos dias.

Mulheres CAPPAZ
que com serenidade e simplicidade
fazem das pinceladas belas telas
para enfeitar as paredes dos nossos corações.

Mulheres CAPPAZ
que com candura e ternura
fazem das notas e acordes belas músicas
para acalentar os sonhos das nossas almas.

Mulheres CAPPAZ
que com a doçura na voz angelical
nos encantam quando declamam
poemas nos saraus e encontros CAPPAZ.

Mulheres CAPPAZ
que levam a mensagem
da PAZ, do AMOR e do BEM
na delicadeza dos versos,
na serenidade das pinceladas,
na ternura das músicas,
na doçura das vozes.

Mulheres CAPPAZ
recebam com carinho e afeto
minha homenagem!

Sorocaba/SP

Agradecimentos

Agradecemos a acolhida da CAPPAZ ao aceitar o convite para a participação no Evento que homenageou as Mulheres no seu Dia.
A Ciranda Especial foi construída com 41 participações
Parabéns CAPPAZ, pelo sucesso!
Balneário Camboriú/SC, 08/03/2013
Paz e Bem...

Joyce Lima Krischke
Presidente-Fundadora CAPPAZ






PARTICIPANTES

01- Joyce Lima Krischke
02- Marcelo de Oliveira Souza
03- J.J.Oliveira Gonçalves
04- 05- Elzio Luz Leal
06- Odilon Machado de Lourenço
07- Elio Candido de Oliveira
08- Maria Fernanda Reis Esteves
09- Tânia Maria de Souza
10- Eda Thereza Piccinin Bridi
11- Haydée S. Hostin Lima
12- Rosana Paulo
13- Marco A. Amado
14- 15- Malú Ferreira
16- Judite Krischke Sebastiany
17- J.J. Oliveira Gonçalves
18- 19- Vera Passos
20- Fátima Peixoto
21- Varenka de Fátima Araújo
22- Marina Martinez
23- 24- Celeste Farias
25- J.J. Oliveira Gonçalves
26- Valéria Lisita
27- DanielBrasil
28- Fernando Alberto Salinas Couto
29- 30-Rosana Carneiro
31- 32-Sílvia Araújo Motta
33- Deomídio Macêdo
34- Eloisa Maciel
35- Joyce Lima Krischke
36- Pinho Sannasc
37- Carlos Reinaldo de Souza
38- Emérita Andrade Ramos
39- Sidney Santos
40- Paulo Rodrigues
41- Roseleide Santana de Farias






PARTICIPAÇÕES

01.
Mulher- Amor e Paz
Joyce Lima Krischke


Mulher! Mulher sempre decantada
Mulher-guerreira até mulher amada!
Mulher! Mulher-mãe simplesmente...
Mulher! Retrato do Amor permanente

Mulher-carinho... seu filho amamenta.
Mulher-coragem... a família sustenta!
Mulher! Presença... dia e noite calor
Mulher! Mesmo sem filhos semeia Amor.

Mulher! Construindo na família a Paz.
Mulher! Não espera que façam... ela faz.
Mulher! Seja preta, branca ou amarela...

Mulher! Acalanto... melodia singela.
Mulher-poesia... Paz em versos nos traz.
Mulher poetisa... Mulher! Amor e Paz

Balneário Camboriu/SC

02.
Dia Internacional da Mulher
Marcelo de Oliveira Souza

Data comemorada em todo o planeta, de vital importância para a nossa sociedade, dia de lembrarmos a importância do sexo feminino na vida de todos nós.
Mesmo com as atribulações do dia temos que parar e refletir para onde caminha o nosso desenvolvimento, a mulher deixou de tornar-se a rainha do lar e arregaçou as mangas ainda mais, dessa vez foi prover o lar em mais uma jornada.
Em suas diversas profissões, antes tida como exclusivamente femininas, ela aparece e prova a sua eficiência, contudo temos que salientar que muitas vezes pelo fato dela sair à procura da realização profissional ficou mais sujeita ao estresse que o homem, pois muitas vezes a sua jornada não termina ao chegar ao lar, causando diversos problemas de saúde.
A mulher que era tida como o sexo frágil por muita gente, descobre novas maneiras de se desenvolver, quebrando parâmetros cada vez mais, chegando até a presidência de muitos países, inclusive o nosso.
Parabéns pelo seu dia e que essa festa continue rotineiramente, como num desabrochar de uma rosa, nunca perdendo o seu encanto.

Salvador/BA



03.
Mulheres... Fadas... Anjos!
J.J. Oliveira Gonçalves

Toda árvore é Mulher... É Fada... É Anjo
Tem (sempre!) aquele toque feminino!
Ah, sempre eu as Amei... desde menino
E as cordas desta Lira a elas tanjo!

Lições Existenciais... suas Estações
Belezas Desiguais por todo o ano!
Irmãs deste meu passo Franciscano
Poeta eu lhes conheço as Emoções!

A Alma me consolam, se tristonha
Falando ao coração: Vai, João... e Sonha
Conosco... Ao som do Vento que assobia!

Teus versos, tuas rimas... recitamos...
E em silencioso Amor também te Amamos
Mulheres que nós somos... Paz! Poesia!

Por que não punes, Deus, a mão bandida
Que da árvore - tão bela! - extingue a Vida?

Porto Alegre, 15 de janeiro/2010. 10h47min - HS



04.
Joyce, receba em nome de todas as mulheres, o meu abraço
carinhoso, parabéns pelo dia das mulheres, Encaminho essas
duas poesias.

Mulher em soneto
Elzio Luiz Leal

Mulher, que é a minha inspiração,
Trabalhadora, forte, guerreira,
Amiga, mãe, companheira,
Mas acima de tudo, mulher!

É quem guardo no coração,
A mulher jovial e decidida,
Uma amiga pra toda vida,
Linda, querida, mulher!

Que guarda no ventre a vida,
Que dela, a vida transforma,
Enquanto outra vida se forma...

Depois, até a partida,
Ela se doa, dedicada,
Àquela criatura amada...

Rio/RJ



05.
O reino da mulher
Elzio Luiz Leal

Muito tenra e macia,
Como flor, se anuncia,
Com perfume, delicada!
O homem a enaltece
E logo se estremece
Ao ver a mulher amada...

Como eletricidade,
Uma corrente invade
E o corpo se arrepia...
Tudo logo se transforma,
O mundo tem outra forma,
É efeito da magia...

Ela fascina, conquista,
Amor à primeira vista,
Com a alma feminina...
É com a delicadeza
Que ela tem a certeza
Que é senhora, domina...

Ela reina como a flor
Que perfuma com o amor
No seu reino encantado...
O súdito obedece
E ainda agradece
Por se sentir endeusado!

Rio/RJ



06.
De mulher olhando
Odilon Machado de Lourenço

No fundo dos olhos da mulher
Há o vão, mistérios, neblinas, amor...
No fundo dos olhos da mulher
Há uma força a nutrir esperanças
No fundo dos olhos da mulher
Um desenho de nuvens girando
No fundo dos olhos da mulher
Coisas que arrancam a dor
No fundo dos olhos da mulher
Lampejam rios sem rumo
No fundo dos olhos da mulher
O veio do mundo num urro de lavas
No fundo dos olhos da mulher
Crispando as retinas a voz da poesia.

Florianópolis/SC



07.
MULHERES
Elio Candido de Oliveira

Em brumas e paetês, vertigem e loucuras
Mulher, mulheres em todas as dimensões.
Verdadeiros mistérios, de produção, alentos
Carências que se fazem, ao visualizar

Instrumento que grita que pede e doa amar
Fascínio, intimidação, incitação de presença
Perder, imagens que se ofuscam, trepidar.
Elas, cheias de ousadia, insolência, ideal.

Puras e angelicais, de formas independentes
Sabedorias e, delas a boa e pura explicação.
Doutoras reais em saber, delas a dependência
Determinada, informal, e até territorial.

Enfeites, bem humoradas, esquivam,
Finge desentender, questiona, e assim seduz
Divide, soma, expede um pedido laboratorial.
Promete, nega, mesmo na maior loucura

Ibiá-MG



08.
Privilégio de ser mulher
Maria Fernanda Reis Esteves

Sinto-me completa!
Em mim a dupla graça da maternidade
Privilégio de ser mulher...
Dei-vos a vida
No preciso momento
Em que se quebra o cordão
E o grito audível
Nada mais é que o aprender a respirar
Daqui pr?a frente
Há um caminho a percorrer
Uma autonomia a conquistar
Quero que sejas apenas dependente
Do amor que sempre te vou dar

Confreira CAPPAZ por Portugal



09.
"Incógnita"
Tânia Maria de Souza

Palavra que melhor define uma mulher -
misto de dor e alegria
de força e fragilidade
de medo e de fé...

Tem o poder, mesmo sem saber
Abriga a vida no ventre
Eleva e abate um homem
O que semeia faz crescer

Contraditória, paradoxal
delicada, maternal
Não se pode compreendê-la
Basta, apenas, amá-la.

Balneário Camboriu/SC



10.
ROSA ESTELA
Eda Thereza Piccinin Bridi*
(Para uma grande mulher: minha mãe-Rosa)

A menina nasceu em berço de ouro.
Não, berço de metal que reluz
Era berço de amor, paz e muita luz.

No aconchego do lar de Lúcia e Luiz,
a menina cresceu feliz,
entre a roça, a escola e brincadeiras,
correndo pelo potreiro... Subindo nas macieiras...

Moça bonita, de um lindo sorriso.
Doce, formosa, recatada.
Por ela encantou-se o italiano Guilherme.
E foi por ele muito amada.

Sob as bênçãos do Vigário,
na Capela de Arroio Bonito,
diante da Padroeira Nossa Senhora do Rosário,
selaram juras de amor infinito.

Mulher de fé, virtuosa.
Esposa dedicada, companheira.
Mãe presença! Mãe extremosa!
A família... Sua preocupação primeira.

Fortunata, Alarico, Eda, Augustinho,
Lourdes, Maria Joana e Teresinha,
seus filhos amados,
suas joias preciosas,
cuidava com imenso carinho.

Sábia... Com palavras certas
e o coração cheio de bondade,
num ambiente de desvelo e harmonia,
os filhos conduzia,
no caminho do bem e da verdade,
do amor e da paz.

Dinâmica, inteligente, mulher de visão.
Empresária.
Na fábrica, no comércio, no balcão,
foi do marido a parceira solidária.

Um dia, a rosa deixou o seu perfume...
A estrela, nesta dimensão, parou de brilhar...
E foi ao encontro do Criador.
Guilherme foi na frente o céu preparar
para seu grande amor.
E, juntos, em sintonia com os anjos,
estão na luz e na paz do Senhor.

A ti, flor em pessoa, mãe querida,
a minha homenagem de gratidão.
É também de cada meu irmão.
Pelo carinho e a mão sempre estendida...
Eterna lembrança no meu coração!
Mãe amada!

Sobradinho/RS
* Escritora acadêmica- convidada especial- Antlogia CAPPAZ- Interfaces de Amor e Paz- Vol. 3- 2012- páginas 51/52



11.
O mundo visto pelas mulheres
Haydée S. Hostin Lima

Quando éramos apenas meninas
o mundo era igual:
nossos olhos eram
de avelãs e cachemire.

Depois quando nos tornamos mulheres
o mundo continuou igual:
porem agora nossos olhos
são de intrincadas maquiagens
misto azul intenso
branco alvorada
e uma dor
sem nuances
para disfarçar.

Santa Maria/RS



12.
Mulheres
Rosana Paulo

As mulheres deixam o lar
Pois precisam trabalhar
Encaram uma profissão
Encaram jornada dupla
Mas não se deixam abater
Usam a inteligência
Usam o coração
Utilizam a ciência
Com um toque de doçura
São determinadas e fortes
Sem perderem a ternura
Têm o lado profissional
Têm o lado maternal
Mergulham fundo no amor
Conheci a sua história mulher
Sentiu a dor de Maria
Mãe de Jesus
Mas não parou
Seguiu em frente
E com a sua coragem
Encoraja toda a gente
Mulheres que se separam
Para a si se juntar
Que escrevem
Sua história de vida
Em várias estações
Com suas emoções
Mulheres esotéricas
Que continuam na lida
Mas procuram a luz
Mulher que é líder
E conduz
Se divide pra somar
Sem nunca alterar a voz
As que cantam qual sabiá
A nossa vovó
De espontânea alegria
A senhora culta e vernaculista
As que escrevem poesia
As encantadoras artistas
Aquelas que amam as flores
E que se enfeitam de cores
As mulheres sóbrias e técnicas
Que conhecem e ensinam
Aquelas que alimentam
As que limpam
Mulheres extensionistas
Que trabalham no campo
Labutam com o agricultor
As que torcem pelo seu time
Com tanta garra e ardor
As mulheres artesãs
Que trazem nas mãos
O poder da criação
As que nos recepcionam
Com um bonito sorriso
Aquelas que carregam
No peito o Dia Claro
Que também revela Deus
As que se permitem mudar
Em busca dos sonhos seus
Mulheres jovens ou maduras
De pele clara, de pele escura
Altas os baixas
Não importa a altura
Todas grandes mulheres
Mulheres que sabem amar
Mulheres da EBDA

Salvador/BA



13.
VOCÊ MULHER...
Marco A. Amado

Suave como a brisa
Iluminada como o sol
Repleta de magia
Enigmática como a lua
Inebriante como o vinho
Extasiante como o ouro
Brilhante como o diamante
Esta é você

Simples menina
Adorável moça
Inigualável mulher
Amiga
Namorada
Companheira
Amante
Esposa
Mãe
Mulher
Ser especial
Simples
Serena
Protetora
Guerreira
Ousada
Simplesmente mulher.

Ocram 07/02/2013
Ilha do Governador/RJ



14.
Mulher-Mãe
Malú Ferreira

Um cálido sopro toca-lhe
A face oculta permanece
Pincela o texto, navegam passos,
ao compasso das palavras

Traz no peito a medalha, símbolo do ser- mãe.
do sentir, possuir, emoções...
M – maria
M – mulher
M - mãe

Maria de Lourdes
Maria das Graças
Maria das Dores
Maria de Natureza

Malú por vocação
Maria da Anunciação
No agir e no pensar
Na capacidade para amar

“Renata, Fernanda” Ou
“Iracema” a mulher que me gerou
...Ana, Beatriz, Daniele, Elis, Fabiana...
Elena, Juliana, Carolina, Katarina, Luiza ou simplesmente.

Maria
Nair, Onoria, Patrícia, Karina, Sueli.
Tatiana, Úrsula, Valdice, Xênia, Lindaura, Paula, Zelita, Ivanilda, Geane, Conceição, Flávia, Margareti, Nena, Rosa Ângela, Rosangela, Magali, Sandra, Simone, Valdirene, Vall, Terezinha, Lilian, Janine, Sonia, Aedil, Salete...
quantos nomes a pincelar
Dia de Maria
Dia do ser mãe
“Dia da Mulher”
Não somente pelo filho gerado ao ventre

e sim,
Pela capacidade para “amar.”

Revista: Artpoesia
Parabéns a nós Mulheres
Salvador-BA



15.
CORPO & ALMA
Malú Ferreira

Alma que desprende do corpo
Flutua, miragens
Alcança...
Desnuda, mistérios...
Encanta... Ama.
Mulher, Doce Encanto.
Seduz, Chora, Soluça
Engole seu pranto.
Menina, Mulher, Mãe, Esposa,
Amiga, Amante.
Épicos lábios
Néctar do prazer.
Olhos que delatam, relatam
Mulher, Flor que acalanta
Mulher combustível.
Que sustenta o homem.
“Mulheres”...
Homens que conquistam mulheres.
Mulheres que dominam o mundo.
Homens que valorizam mulheres.
Mulheres...
Corpo, Alma
Almas que... Desprendem...
Flutuam miragens. Conquistam... Espaços
Num mundo onde a desigualdade
Esta sempre em primeiro no ranking.
Mulheres inspiram respeito
“Corpo, Alma”.
“Mulher doce encanto.”.

Salvador /BA



16.
O Tempo Passa
Judite Krischke Sebastiany

Passou o tempo da luta
Pelos direitos das mulheres
Passou o tempo da competição.

Passou o tempo da dona de casa
Do tempo para cuidar do lar.
Passou o tempo e o lugar.

Tudo relativizado: pós moderno
Tudo confuso, muito misturado.
Passou o tempo do contraste.

Mulher ontem: definida, diferente
Mulher hoje, muito igual, legal.
Esquecida do seu diferencial.

Em quem buscar acolhida,
Carinho, compreensão,
Nessa vida agitada, só ação.

Onde está a mulher flor, perfume,
Doce de abóbora, doce de côco.
Gatinha manhosa, delicada?

Talvez esquecida num baú
Escondida nas memórias,
Prisioneira no coração doído.

Onde está a carta de alforria?
Onde está a chave das correntes?
Onde está a bandeira da paz?

Mulher quer liberdade para ser...
Emotiva, doce, amiga, sensível...
Tempo para a beleza interior, amor!

Mulheres urge que hoje
Levantemos a bandeira da paz!

Porto Alegre/RS



17.
Mulheres são Poesia- Vídeo
J.J. Oliveira Gonçalves
Clicar para assitir ao vídeo no Youtube
http://www.youtube.com/watch?v=dFgaqu0ezh0

Mulheres são Poesia...
J.J. Oliveira Gonçalves


Mulheres são flores.
Flores são mulheres.
Mulheres disfarçadas de cores, texturas, fragrâncias...
Borboletas também são flores.
E, igualmente, mulheres.
Mulheres disfarçadas de Anjos, de Fadas:
Diáfanas, leves, esguias, elegantes, coloridas, simetricamente desenhadas...
Flores, Borboletas, Fadas, Mulheres... sempre as Amei!
Assim como continuo a Amar os Anjos que, dizem, não têm sexo...
Flores são mulheres.
Mulheres são flores.
E ainda são borboletas.
E também Fadas.
E, igualmente, Anjos!
Então, estou com tudo e não estou prosa.
(Como bem se dizia em mui priscas Eras...)
Afinal, se as Amo - e as Amo, mesmo!
Além do que, flores, borboletas, Fadas, mulheres... são Poesia!
E os Anjos são Poesia de Éter e de Incenso!
Ah, mas todas elas... essas flores, essas borboletas, essas Fadas, essas mulheres...
são (evidentemente!) Musas!
Confundem-se gostosamente com o Estro, com a Inspiração e a Lira!
E vejo que tudo se enquadra. Se encaixa. Se funde.
Se acasala - amorosamente...
É o Côncavo e o Convexo!
Pois que tudo é o Sentimento do poeta:
O verso e a rima e ainda o reverso!
E, assim, entre prementes beijos e afetuosos amplexos, o poeta tece seu róseo Imaginário...
Afinal, Mulheres são o Perfume, o Vôo, a Magia, o Celestial do poeta...
Claro: são, ainda, a sua Outra Costela!
Aquela - com que Deus fez a Mulher...
Bem... desde aí... Deus não mais descansou... rs...
Nem o Poeta!!

PortoAlegre-RS



18.
Toda mulher
Vera Passos

Toda mulher é vaidosa, cheirosa, gostosa...
Desafia a imaginação, gera vidas
Enfrenta a luta, mergulha no tempo,
Reinventa o dia, aumenta as horas
Canta, briga, defende, chora...
É vidente, carente, decente, feminina,
Mãe, filha, amada, namorada, menina,
Trabalha, dirige, encanta, domina
Conquista, insinua, desfila, aparece
Proteje, observa, vigia, atua, ama.
Toda mulher sabe o que quer.
Quer um companheiro que a veja
Que realize os seus quereres
Se não o encontra,grita, se vira;
Faz poesia, inventa alegria, dança
Segue adiante, os homens se acham.

Salvador-BA



19.
Eu sou mulher
Vera Passos

Saúdo a mulher nordestina
De luta, de fé, que sabe o que quer
Às vezes adulta, às vezes menina
Mulher feminina, mulher badameira,
Mulher brasileira, leva a bandeira
Da sabedoria, da luz e prazer
Mulher de labuta, que berra e dança,
Procria, disputa, requebra, só faz o que quer
Mulher defende sua cria, onde ela estiver.
Mulher de muitas batalhas
Mulher que trabalha, em casa e na rua
Que erra e acerta, com garra e energia
A guerra enfrenta, recria o dia.
Mulher fome sacia, a dor alivia ,
Mulher do labor no lar e na Lua
Pro amor se despe dengosa e se insinua
Tem cheiro de rosa, bonita e gostosa.
Mulher que gera a família, é mãe e é filha
Ousada e amada, porque é mulher
Mulher não foge da raia,desfila na trilha
É bruxa e fada, mulher maravilha,
É sempre mulher

Salvador - BA



20.
Mulher
Fátima Peixoto

Mundo estranho, sensibilidade inexplicável,
Consegue fazer várias atividades ao mesmo tempo
Amar, criar, trabalhar,
Pensar, falar e agir,
Ser amiga, companheira, mãe, amante...
SER MULHER!!!
Deseja que se adivinhem seus pensamentos, desejos, sonhos...
Pensa no seu príncipe encantado, sua cara metade.
Deseja receber do seu amado a lua, as estrelas, o pôr do sol...
Sonha... Ah!!!Como sonha uma mulher...
Sonha com a liberdade de poder voar,
Não ser propriedade de ninguém.
Sonha com igualdade de gênero,
Sonha com seu espaço respeitado no mundo machista.
Sonha? Não, acredita na competência, inteligência, criatividade,
Na sua vontade de mudar o mundo
Quando isso não acontece,
Fica angústias, faz birras e malcriações
Mas determinada, supera tudo até o desamor, dor, sofrimento.
Seu desejo de realizar seus sonhos,
Faz acreditar e lutar pelo impossível.
Esse ser É UMA MULHER!!!!!

Cabedêlo-PB



21.
Mulher
Varenka de Fátima Araújo

Mulher com um punhado de terra luta
Mulher que salva vidas
Mulher que não recua para viver
Mulher que dar a vida por um filho
Mulher que projeta dias melhores
Mulher que não teme o vermelho
Mulher que ajuda outras mulheres
Mulher que levanta a bandeira
Mulher que o branco seja de paz
Mulher mais um dia.....

Salvador-BA



22.
QUERER
Marina Martinez

Quis a naturalidade do hai kai,
fazer versos plenos de singeleza.
Mas falta-me o dom da doçura,
da construção do simples e da beleza.

Quis a veemência de Florbela, ferida,
fazer versos impregnados de paixão.
Mas falta-me o dom daquele padecer,
daquela entrega ardente e sofrida.

Quis, de Cora Coralina, a desafetação,
poema tardio de inspiração serena.
Mas falta-me o dom das coisas simples,
aquele que só os humildes conseguem ter.

Quis o rompante de uma Hilda Hist,
fazer versos libertinos e excitantes.
Mas, para escrever o que sinto, sem pudor,
falta-me o dom da licenciosidade.

Quis como Cecília ou Adélia escrever,
seguir exemplo de tão belas obras,
e descobri que poeto por teimosia,
e que preciso nada mais que liberdade.

Transformo palavras em um jogo escrito,
no qual coloco pensamentos múltiplos
e percebo que, após algum esforço,
trago à luz minha própria poesia.

Porto Alegre/RS



23.
Louca, eu?
Celeste Farias

Louca, eu?
Onde, quando, quem, como, por quê?
Qual a origem dessa louca questão?
Dúvida insana, pensamento cruel!
Talvez da origem não se percebeu...
Amores, questionamentos, criatividades,
Desalento, máquina pensante,
De palavra constante,
Dúvida, sofrimento, mistério, infidelidade.
Certeza, contentamento, equilíbrio, felicidade.
Beleza contagiante, sensuais expressões,
Exalando amor, paixões, sensações,
Alegria ou coisa qualquer...
Eu não sou louca...
Eu sou mulher!

Belo Horizonte-MG



24.
Quem Verdadeiramente Eu Sou? "Resposta 1"
Celeste Farias

Percebo que o universo feminino tem muitos mistérios e poucas
descobertas, mas na verdade, nós mulheres, somos diversas em
uma. Creio que um pouco de cada: mulher, esposa, amante,
princesa, meretriz, sábia, descontente, feliz, amiga....enfim,
depende das circunstâncias.

Respondendo sobre mim, mulher:
Serei uma eterna apaixonada pelo ser, pelo viver, pelo
florescer...cada sentimento, cada momento, cada descoberta,
cada poesia...falando sério, mas do que isso desvendo o meu
Gran mistério!



25.
Tu... Mulher!
J.J. Oliveira Gonçalves

Meu coração teimoso não tem jeito
Embora sendo Outono é adolescente!
E teima em cismar dentro do peito:
És, Musa, a inspiração mais eloqüente!

Meu coração é um poeta... suicida
Quem sabe, um masoquista de plantão!
Não tem pena de mim, eis que na Vida
Mil mortes já morreu... ai, de Paixão!

Será que teu Amor também me quer
Quando teu flerte flagro a me falar
Num cândido sorriso a disfarçar?

Se Deus escreve mesmo em Linhas Tortas
De novo o coração abre as comportas
À Gêmea de minh'Alma... Tu - Mulher!!

Porto Alegre, 22 de março/2009. 20h23min



26.
MULHER FORTALEZA
Valéria Lisita

Presa na rede da vida, mulher
Se entrega aos sonhos, ilude
Deseja se dar, perdoar, viver
Nem pensa ou analisa atitude

Ser forte, que frágil se torna
Cegueira espontânea, visão
Seu grito, garganta retorna
Não quer ou não tem opção

E sofrendo injustiças, chora
Mas choro de fera que luta
Pois clemência não implora,
Sua vitória com dor permuta

Sabe-se presa fácil mulher
Mais ainda fácil se libertar,
Vida não consegue prender
Esse ser, nasceu pra lutar!



27.
MULHER
Daniel Brasil

Mulher, palavra mágica...
E de sensibilidade,
Disse Luciana de Abreu:
"Pelo ventre da Mulher,
Passa a humanidade"
Mulher, ser atraente,
Símbolo da fertilidade.

Os homens, nascem da Mulher,
E de uma eu nasci!
Uma profunda grandeza,
De um verso que eu li:
Desta linda mensagem,
Eu nunca mais esqueci!
"Mil poetas Sonharam,
MULHER, eu te conheci"...

Porto Alegre/RS



28.
SUBLIME MULHER
Fernando Alberto Salinas Couto

A esse ser humano sublime
que só Deus podia conceber,
desejo que a razão a ilumine,
para ser sempre nobre mulher.

Se bem que a esperada razão,
diante dessas divinas criaturas,
perde às ansiedades do coração,
podendo levar todos à loucuras.

Loucuras ou bom senso de amar,
desde aquela que nos deu ao mundo
até aquelas que, um dia, podem levar
qualquer homem ao abismo profundo.

Sem ela não haveria sequer a poesia
e nem mesmo uma razão de se viver,
por isso é que comemoramos neste dia
o sublime dia internacional da mulher



29.
SOMOS ASSIM
Rosana Carneiro

Lágrimas de amor
Sonhos, fantasias
Fortaleza, felicidade
Beleza e magia
Alma delicada
Perfume de flor
Força inesperada
Diante à dor
Razão, emoção
Equilíbrio e paixão
Somos assim
Mulher
Corpo, alma e coração

São Paulo/SP

Somos Assim
Rosana Carneiro

São Paulo/SP



30.
MULHER CINQUENTONA
Rosana Carneiro

O cansaço cobriu o corpo
A pele foi marcada
O tempo não teve pena
Deu-lhe mechas prateadas

Porém ainda assim
Com muita experiência
A mulher cinquentona
Desafia a ciência

Tem fibra e competência
Determinação nesta vida
Consegue fazer muita coisa
Que gente nova duvida

Consegue despertar sonhos
Faz muito homem perder o juízo
Basta a certeza do amor
E palavras lindas ao ouvido

Não importa a idade
Ela sabe o que quer
Deseja ser amada
Como toda a mulher

São Paulo/SP



31.
DIA INTERNACIONAL DA MULHER
Carversos ou Cartrovas n.2271 (Carta em Trovas)
Por Sílvia Araújo Motta

1-Belo Horizonte, mês:março,
dois mil e dez a passar...
Dia oito, trago o abraço:
às Mulheres vim saudar.

2-Escrevo por meio desta,
minha cartrova rimando.
Mulheres merecem festa
que, hoje, estão comemorando.

3-Há quase um século e meio
mulheres foram queimadas.
Hoje, provam ser esteio;
nas lutas são respeitadas.

4-Nesta força da mulher,
Sorriso, Fé, Fortaleza,
ela tem tudo o que quer:
Vida, Paz, Amor, Beleza!

5-A mulher, que é um frágil vaso
perfumado pelas flores,
por ciúmes,” cria caso”
no jardim dos seus valores.

6-Mulher é boa na prosa,
nos versos e na canção.
Tem muita mulher famosa
no espaço da profissão.

7-A Mulher é linda tela
que atrai olhares, sorrisos,
pela companhia dela
descobrem-se paraísos.

8-Um grande homem sempre tem
na hora da decisão
uma mulher que também
é companheira na ação.

9-Acredito na amizade
entre o homem e a mulher...
porque a sexualidade
tem valor que você der..

10-”Ninguém é feliz sozinho”
diz o adágio popular.
É indispensável o carinho
de uma mulher em seu lar.

11-Para as mulheres presentes,
trago um brinde e saudações.
Vocês merecem presentes,
beijos, abraços, canções.

12-Agora vou terminar
meus Carversos ou Cartrova,
a todas vou enviar
amizade que comprova.

13-Sou a Sílvia Professora,
bem feliz aposentada,
violonista e escritora,
pela vida apaixonada.

14-Mensageira da alegria,
cativa da arte e cultura,

vivo a divulgar poesia,
música e literatura.

Belo Horizonte/MG



32.
MULHER
Soneto-clássico-decassílabo-sáfico-heróico-didático nº 1730
Por Sílvia Araújo Motta

Nasceu mu(lher)!Al(guém) sor(ri) na (sa)la,
avisa a (to)dos! (Tris)te o (pai,) con(tu)do
parado es(cu)ta, (pen)sa e (na)da (fa)la:
-Quem tem mãe (vi)va, (tem) no (mun)do,(tu)do!

Depressa a (fi)lha (cres)ce! A(mor) não (ca)la...
Após ca(sa)da, a (ne)ta o (dei)xa (mu)do!
Mulher tra(í)da, (cho)ra e en(tre)ga a (ma)la...
planta sau(da)de e (co)lhe o (mun)do (sur)do!

Mulher é (for)te e en(fren)ta, (com) cer(te)za,
os dissa(bo)res...(Bus)ca (ser) fe(liz!)
Se tudo (pas)sa, (já) não (tem) be(le)za.

Estrela-(gui)a, (sol)... é um (an)jo-(luz)
que dá seu (lei)te-(san)gue e ao (céu )ben(diz)
se na ve(lhi)ce o (fi)lho (lhe) con(duz.)

Belo Horizonte/MG



33.
Mulheres!
(Deomídio Macêdo)

Grandes missionárias
que passaram pelo planeta,
em vários campos de trabalhos,
realizando obras formidáveis,
disseminando o amor, a paz,
e que entraram para a História:
Maria mãe de Jesus;
Madre Tereza de Calcutá;
Irmã Dulce;
Maria de Magdala – (Madalena);
Joana de Cuza;
Joana D`arc.
E tantas outras anônimas que estão construindo Histórias:
Mães, educadoras, administradoras,
advogadas, taxistas, dentistas, arquitetas,
professoras, fisioterapeutas, jornalistas, deputadas,
agricultoras, lavadeiras, enfermeiras, secretárias domésticas,
atrizes, artistas.
Mulheres Rurais que produzem o Brasil Sustentável.
Grandes missionárias que trabalham em benefício
da sociedade brasileira e mundial.
Seu nome: MULHER.

Salvador/BA



34.
MULHER... GUERREIRA DA SUPERAÇÃO...
ELOISA ANTUNES MACIEL

Deus a fez bela e simples – fora a lenda antiga...
E fê - la companheira (esposa, mãe e amiga),
E deu-lhe um senso raro - a sua intuição...

Dotou-lhe de beleza e sensibilidade,
E além de raros dotes da maternidade,
Confiou - lhe os dons do afeto e da proteção...

E ao avançar de um tempo de modernidade,
Fez dela uma guardiã dos bens da Humanidade,
Em todas áreas nobres de sua atuação...

Se a fez predestinada, por merecimento,
Dotou-lhe de talento e discernimento,
E a fez batalhadora da superação...

São Martinho da Serra/RS, 06/03/2013.



35.
Simplemente Mulher
Joyce L. Krischke

A vida vestiu-me ao longo do tempo,
Com roupagens diversas.
Bem no início fui filha.
Filha nem sempre obediente... noviça rebelde...

A seguir, fui esposa... Mulher de Atenas.
Penso que valeu! Expectativas eram muitas...

Mais tarde fui mãe.
Experiência transcendente
Não consigo expressar literalmente
o que foi e o que significa ser mãe...

Sete filhos por mim gerados e
Mais uma de nascida de meu coração.
Mãe de oito filhos!
Sim, por mim criados... Mimados, AMADOS

Há vinte e três anos sou avó.
Ser avó é reviver
Momentos de felicidade plena!
A cada instante, rever um filho ou uma filha
No corpo e na alma de cada neto...

O que restou da filha, da esposa, da mãe e da avó agora?

- Da filha restaram lembranças de um passado lindo!

- Da esposa um passado... passado.

Experiências de vida e lembranças acumuladas
Vitórias e derrotas sucessivas,
Entrega total e extrema doação
Até as últimas conseqüências... quando
Um dia... O amor esboroou-se, fecharam-se as cortinas
Dessa peça no palco da minha vida...

- Da mãe ainda existe o imenso amor
E a ternura, que jamais se acabam.
Ser mãe deixa marcas indeléveis...

- Da avó meu momento mais presente.
Lirismo puro... Notas de uma pauta musical!

E agora que roupa além da mãe
E da avó deverei vestir?

Hoje, escolhi pela minha experiência
Usar a roupa chamada:
Simplesmente- Mulher

Filha não me foi dado escolher de quem eu seria.

Esposa foi minha escolha conjunta com alguém,
(Quando eu era muito jovem e inexperiente.)
Mãe e avó foram:
Conseqüências da minha escolha conjunta...

Ser Simplesmente Mulher e viver a vida por inteiro,
Com o cordão umbilical da palavra cortado,
É uma decisão somente minha...

Ah! Encontrei minha nova roupa,
No fundo do baú de minha existência
Pretendo usá-la até meu derradeiro dia...

Agora, visto-me de mulher, com adornos de mãe e avó!
Junto o adereço indispensável, chamado:
FELICIDADE!

Releitura pela autora em 08/03/2013
- “In” Tempo de Amor- Páginas 113/116
Porto Alegre-2004
Direitos autorais reservados
ISBN-85-903148-2-0


Balneário Camboriú/SC



36.
"Uma homenagem às mulheres com um quê de protesto contra os padrões e rótulos impostos sobre um conceito de beleza que beira o preconceito"

POR SER MULHER
Pinho Sannasc

Deleito-me a olhar a mulher
Sem que vogue a aparência
Airosa como ela é…
Perfeita na sua essência...

Mulher velha e esquálida
Mulher da pele negra
Mulher gorda e até flácida
Que foge aos padrões de beleza...

Mulher magra e sem curvas
Ventruda e sem belos pomos
Simplória ou mesmo esdrúxula
Vítima dos infames que somos...

Enquanto cruel sociedade
Que superestima a estética
E discrimina a mulher
De forma vil e patética...

Mas a mulher como eu imagino,
Merece que a queiramos bem
Por isso, Deus me fez filógino
Pra saber do valor que ela tem...

Eu admiro também as belas…
Mas qual dentre elas não é?
Na verdade a mulher é linda...
Apenas por ser mulher!

Salvador-BA



37.
UM RETRATO DA MULHER CAPPAZ!
Carlos Reinaldo de Souza

ÉS ELEMENTO ESSENCIAL,
COMPLEMENTO NATURAL,
SUPLEMENTO ESTRUTURAL,
UM INSTRUMENTO DIVINAL!

ÉS ETERNA COMPANHIA,
ÉS NOSSA ESTRELA GUIA,
REPRESENTAS GALHARDIA,
CAPPAZ, ÉS A LUZ DO DIA!

ÉS RAINHA DA NATUREZA,
DAS FLORES TENS A BELEZA,
DA VIDA ÉS SUTILEZA,
DOS ANJOS TENS A LEVEZA!

ÉS CAPPAZ DE SUPERAR
TODO ERRO E MAL PENSAR,
TU SABES BEM ABRAÇAR,
ENSINANDO O VERBO AMAR!



38.
MULHER
Emérita Andrade Ramos*


Na tarde dourada, tão bela e suada,
Sorrindo da vida... Sofrida, honrada!
Sobre o pó da estrada respiras, transpiras,
Tua carga transportas, sem raivas, sem iras.

O sol que se esgueira em teu leito de fada
Salpica de renda tua colcha engomada...
Manhã que anuncia mais um longo dia...
Levanta – inicia uma igual romaria!

Meu ser que está preso nas lides do dia
Sonhando... Chorando... Em intensa agonia!
Não sei se consigo cantar-te a bravura:
Ao longe tu brilhas, tão bela e tão pura!

Oh! Brisa que passa com tanta doçura
Resgata minha alma do mar de amargura...
Que rompa a cortina do largo dossel
E entorne estas taças de sangue e de fel!

Salvador-BA

*Convidada Especial



39.
MULHER
Sidney Santos

Precisando escrever um poema
Dilema decorrente há dias
Fui procurar um tema
Pra construir poesias

Pensei no verde do mar
Na brisa que vem de longe
O brilho forte do luar
Na calma que têm os monges

Nada isso foi sensato
Rima não aparecia
Só você é meu trato
Teu amor é a poesia!

Salve Dia Internacional da Mulher
Poeta dos Sonhos



40.
Mulheres CAPPAZ
Paulo Rodrigues

(vide encerramento ao alto da tabela)

Sorocaba/SP



41.
MULHER X MISSÃO

Mulher eu sou, e quisera ser o tal anjo entre os homens
Unificando os laços que nos une a terra e ao azul do céu.
Lembra-nos os mimosos versos e as sagradas escrituras:
Heroína, santa, guerreiras amorosas, sejas tu, ó mulher!
Entre as fantasias de amor, paixões, sonhos, eu caminho
Reflito limites, quedas, alegrias, vitórias, mulher que sou,

Xamã dos desejos, necessidades primordiais de cada ser,

Mistificam-nos, mas nos é negado o devido, sagrado valor.
Intimamente os segredos de uma alma amorosa, ardente,
Silencia diante da cruel realidade, uma sociedade perdida,
Sedenta, reais valores esquecidos, distorcidos, renegados.
Ansiosas buscamos a modernidade, esquecemos a missão,
O amar com responsabilidade, ternura, poesia, fé, doação.


Autoria: Roseleide Santana de Farias






SELO DE PARTICIPAÇÃO






MÚSICA DE FUNDO

Mulher
Erasmo Carlos

Dizem que a mulher é o sexo frágil
Mas que mentira absurda
Eu que faço parte da rotina de uma delas
Sei que a força está com elas

Vejam como é forte a que eu conheço
Sua sapiência não tem preço
Satisfaz meu ego se fingindo submissa
Mas no fundo me enfeitiça

Quando eu chego em casa à noitinha
Quero uma mulher só minha
Mas pra quem deu luz não tem mais jeito
Porque um filho quer seu peito
O outro já reclama a sua mão
E o outro quer o amor que ela tiver
Quatro homens dependentes e carentes
Da força da mulher

Mulher, mulher
Do barro de que você foi gerada
Me veio inspiração
Pra decantar você nessa canção

Mulher, mulher
Na escola em que você foi ensinada
Jamais tirei um dez
Sou forte mas não chego aos seus pés











|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||



Arte e Formatação Joyce Lima Krischke
Exclusivo para CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados