AGRADECIMENTOS

Incumbiu-me a Diretiva Nacional de expressar estes agradecimentos aos(às) participantes da 25ª Ciranda CAPPAZ.
O tema, aparentemente simples, é complexo porque envolve
o Pensamento, dom generosamente doado ao Homem desde a sua Criação, pois sabemos que o livre arbítrio é sinônimo de livre pensamento. Toda e qualquer ação que o Homem executa, necessariamente será submetida ao pensamento, que lhe dá forma e consistência. Assim, todas as ações humanas exigem pensamentos que as precedem e garantem suas respectivas concretizações. Ao ser lançada a 25ª Ciranda, tendo como tema
“O Pensamento” e como substrato a “Vaquinha - obra de arte”, todos os Confrades e Confreiras se puseram a pensar e a pensar, a fim de dar forma aos seus respectivos pensamentos. Que bela revolução assistimos ! Surgiu, logo a seguir, um tiroteio de pensamentos e idéias, livres e soltas à brisa do pensar, ou ao furacão das idéias mais arrojadas.
Então, alguns(algumas) se elevaram ao Éden e lá compuseram seus versos, deixando-se levar pela magia da inspiração e pela melodia da imaginação. Outros(as), permaneceram aqui na Terra e promoveram uma revoada de idéias metafísicas e metafóricas, arrolando pensamentos de escultores das palavras e dos filósofos de todos os tempos. Foi muito bela esta 25ª “Ciranda” da CAPPAZ, em plena estação das flores e das chuvas -
a Primavera de 2010. Portanto, parabéns a todos(as) participantes da nossa 25ª “Ciranda”, com os sinceros agradecimentos da Diretiva Nacional e de toda Confraria CAPPAZ que sai, mais uma vez, engrandecida e envaidecida pelo brilho dos textos, pela leveza dos poemas e pela grandeza dos pensamentos de tantos irmãos e tantas irmãs de lutas e de ideais.
Parabéns CAPPAZ !

Carlos Reinaldo de Souza
Presidente Seccional Conselheiro Lafaiete/MG
01 de dezembro - Primavera de 2010.

PREÂMBULO

E o pensamento parece uma coisa à toa
Mas como é que a gente voa
Quando começa a pensar.”
(Felicidade – Lupicínio Rodrigues)

O tema desta 25ª Ciranda CAPPAZ é “O Pensamento”. E como me tocou o preâmbulo desta Ciranda, vou tentar, brevemente, algumas palavras sobre essa coisa complexa, profunda, filosófica, curiosa... O tema nos leva a muitas direções. E nos dá um leque de “caminhos” a seguir, pois muitos são os aspectos, os tipos-pensamento. Imitando, quem sabe, as ondas marinhas, o pensamento vai e vem... vem e vai... Por isso mesmo, é inconstante e, portanto, difícil de controlá-lo. Tentando reforçar o que afirmo, metaforicamente vejo o pensamento na lembrança do macaquinho que pula de galho em galho... Assim, em determinados
momentos, em certas ocasiões de nossa vida, temos que nos concentrar, firmar o pensamento para que ele não fuja, não fique perambulando ou pulando feito o macaquinho – e nos desconcentre.

Segundo Descartes:
“Cogito ergo sum.” Ou seja: “Penso, logo, existo.”
Aprimorando essa máxima do filósofo francês, diria que ao pensar e dar-me conta de mim mesmo, através do pensamento, devo dar-me conta, ainda, que o outro também existe, que a Natureza existe, que os animais existem, enfim, que todo um Universo Diversificado existe. Na vida, é assim que penso. Na CAPPAZ, é assim que
penso. Meu pensamento é Uno. Sob meu aspecto “Ser da Natureza”, meu pensamento não pode ser dual. Tem que ser coeso. Verdadeiro e universal, entendo eu. Não pode ser o arteiro macaquinho em sua sadia brincadeira a pular de galho em galho. Se meu pensamento é de Paz e Bem, tenho que estabelecer, com ele, um contrato recíproco e grandioso de lealdade, honestidade, fidelidade. E, como falei em fidelidade, é o caso de “à mulher de César não basta ser honesta... tem que parecer honesta!” Quer dizer: se realmente “penso” em Paz e Bem, tenho que mostrar ao outro, materializar – através de gestos e obras – meu pensamento de Paz e Bem. Mesmo porque, entre o discurso e a prática, o bicho-homem prefere, quase sempre, o atalho da caduca hipocrisia: sempre tão à mão de suas manobras, de suas manipulações imorais e, portanto, desavergonhadas! Portanto, parafraseando a “mulher de César", não me basta ser. Tenho que aos olhos alheios: parecer. Isto é: tenho que mostrar que sou a prática do meu discurso... Aliás, tenho que incorporar, ser meu próprio discurso. Afinal, se me declaro honesto mas ajo de forma que não convém a um camarada honesto, posso causar dúvidas no parecer dos que me ouvem...

Da mesma forma que o homem não foi feito – segundo minha modesta e firme convicção – para viver só, penso que esse homem foi feito para
pensar, refletir, filosofar! Não há como não pensar! (Ou há?) Pois, ainda que o bicho-homem faça coisas (horrores) aparentemente impensáveis, na verdade, ele está pensando... arquitetando seus planos ambiciosos, prepotentes, diabolicamente criminosos! Agora, talvez para “aliviar” um pouco estas minhas vãs e escassas filosofias, lembrei-me desta “filosofia popular” que ouvia, em casa, quando guri: “Quem pensa, não casa... Quem casa, não pensa...” E tenho que rir – ante a passiva e branca mudez da tela em que digito... Ah, desculpem, mas outras filosofias afloraram, (envolvendo casamento), e não posso dispensá-las – sob pena de me tornar um cara preconceituoso em relação às filosofias (ou provérbios) populares. Vejamos: “Quem casa, quer casa.” E, ainda: “Casar não é casaco.” Parecem bobagenzinhas, não é mesmo? Mas não. Encerram grandes verdades. Esses ditos populares são exemplos de sábios pensamentos ditos de forma muito simples, muito singela – com certeza – embora obsoletos por uma espécie de “rancor” do bicho-homem do agora, em relação aos valores culturais de nossos antepassados. A impressão que tenho, infelizmente, é de que esta geração deseja que o Passado seja apagado de vez e apenas o Presente conte, ignorando-se, me parece, mesmo o Futuro... Encerrando este parágrafo e porque falei em casamento, pergunto: Aonde foi o casamento? Faliu. Aonde foi a família? Faliu. Aonde foi a casa – sinônimo de Lar? Faliu. Ou não? (Ah, ia esquecendo: aonde foi o homem? O primeiro que faliu, pois, faz tempos, perdeu sua Identidade... Abdicou da Imagem e Semelhança... Ou não?)

Chego ao arremate desta introdução. Penso que já escrevi demais. Impõe-se dizer que ilustrei o texto com uma epígrafe que lembra nosso querido poeta e compositor porto-alegrense Lupicínio Rodrigues. Nesses três versos de uma pequena e belíssima letra – cuja melodia é sobremaneira gostosa e fácil de cantar – bem podemos sentir a força misteriosa, universal, indefinível e indevassável do Pensamento. Quem não conhece “Felicidade” sugiro a procure na Internet. Depois de ouvi-la e mesmo cantarolá-la, vejam se podem, ou não, concordar comigo.

Pensar – tal qual
Amar, Pazear, Cantar, entre outros – é verbo regular da primeira conjugação. Não basta conjugá-lo na primeira pessoa do singular. Com denodo e singularidade, pede que o conjuguemos na primeira pessoa do plural. Pensar é o verbo. Pensamento é o substantivo. E, ante prisões, torturas e toda e qualquer espécie de aprisionamento do Homem, o Pensamento não pode ser cerceado, pois voa além dos cárceres e dos tacões malditos dos ditadores... E se manifestará, sempre, na forma metafórica do pássaro que faz loopings de Liberdade – além das grades de sua cruel e bárbara gaiola! Ninguém pode fazer prisioneiro o Pensamento – eis que ele é a Alma, o Espírito a quem Deus fez livre feito o Vento... Esse irmão que, um dia, virá e levará minh’Alma, meu Espírito – para Caminhar entre as Estrelas: essas Musas coloridas e intermitentes que habitam e emolduram o Infinito...(Olhos silentes e amorosos do Grande-Pai!)

J.J. Oliveira Gonçalves/JJotaPoet@!
Presidente de Honra/CAPPAZ
Porto Alegre, 15 de novembro/2010. 14h - ha

PARTICIPANTES

01. Sidney Santos
02. Tânia Maria de Souza
03. Jaak Bosmans
04. Paola Rhoden
05. Bandana (Sandro Nicodemo)
06. Ana Teresinha Drumond Machado
07. Deomídio Neves de Macêdo Neto
08. Lourival Villas-Bôas
09. Fernando Alberto Salinas Couto
10. Leonardo André Oliveira Neto
11. Elio Cândido de Oliveira
12. Judite Krischke Sebastiany
13. EstherRogessi
14. Sílvia Silva Benedetti
15. Marco A. Amado
16. Joyce Lima Krischke
17. Flávio Martinez
18. Fátima Peixoto
19. Kátia Pérola
20. Pinho Sannasc
21. Celso Corrêa de Freitas
22. Paulo Rodrigues
23. Roberto Bordin
24. Adriana Pontes Mendes
25. Daniel Brasil
26. Haydée S. Hostin Lima
27. Eloísa Antunes Maciel
28. Alzira Souza da Silva
29. Marina Martinez
30. Gislaine Wächter
31. Odilon Machado de Lourenço
32. Maria Helena Sarti
33. Carlos Reinaldo de Souza
34. Akasha De Lioncourt
35. Sandra Almeida
36. Sônia Maria Rêgo
37. João José Oliveira Gonçalves
PARTICIPAÇÕES

01.
Reflexão
Sidney Santos

Sou razão e emoção
Sou choro, alegria
Sou teto, sou chão
Sou ordem anarquia

Sou humor perdido
Riso incontido
Silêncio e alarido
Mocinho e bandido

Sou oásis deserto
O fraco e o forte
Longe e o perto
Sou sul e o norte

Sutura e o corte
Abrigo e relento
O azar e a sorte
Meu nome: pensamento!

Santos/SP

02.
O Pensador
Tânia Maria de Souza

Balneário Camboriú/SC

03.
Pensamento à Millôr
Jaak Bosmans

Penso, logo desisto!

Belo Horizonte/MG

04.
Pensar é viver
Paola Rhoden

Passarinhos voam,
e seus cantos soam,
mostram habilidades no ar.
Pequenas e brancas nuvens,
dão vontade,
de comer algodão doce e pensar.
Pensamento!
Firmamento!
Uma brisa suave acaricia,
as folhas e flores,
os amores,
e um lindo dia.
No silêncio do jardim,
borboletas vêm a mim.
Aí então,
o coração,
com o olhar busca o horizonte e passeia,
anseia,
na busca dos seus,
no encontro de terra e céu,
onde um sol poente colore a tarde
sem alarde,
sob um véu,
e um pensamento com Deus.

Distrito Federal/DF

05.
Bandana (Sandro Nicodemo)

Clique na imagem para vê-la em seu tamanho original.

São Paulo/SP

06.
Meu Pensamento
Ana Teresinha Drumond Machado

De onde vem meu pensamento?
Vezes curto... vezes longo...
de dentro ele vem.
Sai atento a procurar em vento
aquilo que lhe convém.
Segue o pensamento
leve e ligeiro, branco e pequenino.
Tudo some... tudo consome.

De volta, sem alento,
Ah! Tanto dano! Tanta tormenta!
Como geme, como grita, como reza
Esse pensamento perdidamente.
Negro, negro farol escurecido
A esquadrinhar um sentido.

O pensamento tudo pode... pode tudo!
Arquiva ... repele... foge...fino fluido.
O pensamento tudo faz... desfaz tudo...
Tudo lembra... esquece tudo!

Ah!! Esse meu pensamento!
Do crescimento é asas;
Da razão, raiz;
Do homem, essência.

Alvinópolis/MG

07.
Pelo Pensamento:
Deomidio Macêdo

Permito-me ir e vir
de um extremo a outro do universo
entre fluidos e eflúvios constantes,
das Leis pertinentes, imutáveis do grande criador.
Pelo pensamento, permito-me ir e vir
adentrando os sete mares;
flutuando entre montanhas;
mergulhando nos céus de minha própria consciência, entendendo a vida!
E ao adormecer
me permitirei ir e vir
contracenando comigo mesmo
nas histórias e cenas reais,
dos sonhos ou pesadelos
que o “eu” interior idealizou.
E quando a morte chegar
ceifando o corpo físico,
enfraquecido pelo tempo,
me permitirei ir e vir
no Fluído Cósmico Universal
adentrar ao mundo espiritual
despido das minhas máscaras
revelando quem sou.
E assim, pelo pensamento que é a voz do Espírito,
Viverei eternamente a filosofar.

Guanambi/BA

08.
O Pensamento ou Pensar?
Lourival Villas-Bôas

A nosso ver, não é somente o ato de ficarmos algum tempo a raciocinar sobre a solução de um, ou mais problemas, de qualquer natureza. É, com certeza, buscarmos solução ao problema que nos esteja preocupando, num determinado momento. Ou que já venha sendo estudado há mais tempo.

Seja qual for o “X” a resolver, valemo-nos de nossa capacidade de raciocínio para, jogando com os “dados” que dispomos e recursos financeiros, possível uso de créditos e apoios pessoais próximos, escolher e decidir a maneira e o meio mais rápido, seguro e menos oneroso à sua solução.

Pensar, planejar, calcular e executar, são ações geradas pelo raciocínio. Esse exercício que fazemos, diariamente, em nossa atividade profissional ou no prazer da leitura, ou durante uma boa “poetada” – nosso maior lazer.

Porto Alegre/RS - novembro/2010.

09.
Meu Pensamento
Fernando Alberto Salinas Couto

Amigo, sejas leve como a brisa,
sejas suave como a poesia...
Para quê pressa e agitação,
se até tua sabedoria te avisa
que se acompanhares essa fobia,
farás muito mal ao meu coração?

Na mágoa, talvez até pudesses ser
verdadeiro ópio do esquecimento,
mas isso não anularia a realidade
e também aumentaria o meu sofrer,
cravando, num lapso da eternidade,
somente dor, amargura e sofrimento.

Desde os pensadores orientais,
passando pela Grécia, em seu auge,
tu já trazias, contigo, lá de longe,
entre as fórmulas mais geniais,
os grandes segredos da vida,
sempre vagando de forma comedida.

Por isso, te mantenhas sempre puro,
pois é dessa pureza que depende,
nossa sobrevivência num futuro
que só o teu melhor fluido defende,
livrando-me do inócuo sofrimento,
porque tu és o meu pensamento.

10.
Pensamentos Fugazes
Leonardo André

Ah... não me obrigue a "parar pra pensar"...
deixe-me viver cada momento da vida,
como se fosse meu último suspirar
ao findar de uma longa estrada sofrida.

Não me faça, por favor, conjecturar
sobre o que podia ter sido feito
e que, por força de um triste penar
acabou tornando-se imperfeito.

Deixe-me quieto em meu canto,
sem lembranças de velhos momentos,
para que eu seque, feliz, o meu pranto
e lhe apague dos meus pensamentos.

São Paulo/SP

11.
Voa pensamento.
Elio Cândido de Oliveira

Tem o espanto!
Mas tem o sentimento.
Da vida a alforria
Liberdade por um dia.

Calmo e tão sereno.
Num vôo pleno
A mente a se voar.
Daí se começa a pensar

Em domínio que não se faz.
Do coração a sorrir!
Expande de vez a paz.

Não uma simples coisa a buscarmos.
Do horizonte estonteante beleza.
Em visualização a própria natureza.

Ibiá/MG

12.
Pensamento ... Pensamentos
Judite Krischke Sebastiany

Nossos pensamentos, companheiros
No dia a dia povoam nossa mente.
Às vezes fiéis, outras vezes traiçoeiros.
Controlam nossas reações de repente.

À noite, ou de manha, penso ...
No planejamento do dia que vem
Passam horas. O que não fiz, lamento.
Com o que já fiz, me alegro também.

Se eu paro e penso no passado,
Posso ficar feliz, triste ou suado.
Lembranças mil, agora revividas.
Escolho aquelas a que darei guarida.

Pensamento bom, novo, criativo,...
Hoje te quero , hoje te desejo vivo.
Minha mente borbulha, busca num livro
Algo que satisfaça, atenda, me faça vivo!

Muita cor, luz e calor ... alegria, amor
Dançam pensamentos mui vibrantes
Sorrio feliz, alegre, viva, sem temor.
Novas idéias, valiosos bens: diamantes.

Se me invade o pensamento depressivo
Perturba-me todo dia, entristece, imobiliza
Nada quero fazer, só chorar, me recolher.
Só quero me encolher, fugir, morrer...

Percebo a tempo que ele não é amigo
Sem licença ele chega senta e me invade
Fico a sua mercê: nada em contrário digo.
Alguém chegou para contestar: o amigo.

Sorte minha, consigo me recuperar.
Abro a porta, a depressão e mal saem..
Outros pensamentos vem a dor superar.
Vendo por outro lado nuvem escura se vai.

Os pensamentos movem o mundo
A arte, a ciência, o mestre e o tolo.
O policial e o bandido, todos no rolo.
O apaixonado e o triste ou aturdido.

Para construir no mundo a paz,
Nosso pensamento é bom controlar
As emoções devemos equilibrar
Unidos, novo planeta assim se faz.

Porto Alegre/RS

13.
Pensamento
EstherRogessi

"O Pensamento é a mais completa definição do homem.
Quando revelado é a contundente manifestação do seu “eu” oculto,pois, dele - o pensamento -, originam-se as ações determinantes do ser."

Recife/PE

14.
Meu pensamento
Sílvia Silva Benedetti

Fiel amigo,
Bom conselheiro,
Sempre comigo,
No tempo inteiro!.

Ouve silente
Os meus reclamos,
Se estou contente,
Comemoramos!

Meu Pensamento,
Minha emoção,
Meu Pensamento,
INSPIRAÇÃO.

Porto Alegre/RS

15.
Verbo Pensar
Marco A.Amado

Se o verbo é pensar,
Vamos todos rimar
E nas asas do vento
Vamos lançar
Nossas idéias e pensamentos!
Esquecendo e apagando da mente
Os maus momentos.
Vamos extravasar
Sem medos e receios
Que somos cappazes
Não de somente versar
Sobre tristeza e amor
Vamos deixar falar o coração
E sobre alegria e paz
Vamos riscar
Pois nasce com emoção
A cada novo verso
Sem pedir permissão
Fazendo que... com paixão.
Mas não esquecendo as vaquinhas
Esta que nos deu inspiração
Para versar sobre o verbo pensar
Pois é ele
Que nos tira do devaneio
Acalma o anseio
E a nossa alma
Faz revigorar

Ilha do Governador/RJ - Ocram 21/11/10

16.
Paz Para Abrandar Pensamento!
Joyce Lima Krischke

Ouço um marulhar diferente
Por que alguém está a me cobrar?
Ah, quanta maldade sinto no ar...
Irmãos num digladiar permanente!

Cobrança... pedido de punição!
Sim, onde andas fraternidade?
Saibas que de ti sinto saudade...
Onde foi o amor no coração?

Mau pensamento seja passageiro...
Volte Paz para abrandar Pensamento!
É o que mais desejo no momento:

Viver fraternidade por inteiro!
Ser como minha bela roseira:
Entrelaçar-me com a laranjeira!

Esqueça o mal... ou mude seu rumo
O caminho da Paz tem seu prumo!

Balneário Camboriú, 23 de novembro de 2010- 20h40min.

17.
Pensamento...
Flávio Martinez

Pensamento fonte de vida e transformação.
Fonte de criação e construção
de tempos de amor e de paz.
Pensamento que nos faz viajar pelo universo
da criação e pelos caminhos do amor.
Pensar pelo bem...
Bem é ser íntegro e CAPPAZ.
É pensando que nos transportamos
para o amanhã do semear
Do hoje em nome da paz.

Todo coração alimentado de amor
É saudável de sentimentos!
Preserve e garanta um pensar
Capaz de promover ações construtivas
E prazerosas para você e para os outros, também.
Dessa forma seu viver será pleno de paz e felicidade.

Desejo um pulsar de paz e de amor a brindar sua vida!

Diadema/SP

18.
Quem será?
Fátima Peixoto

O pensamento?
A palavra?
A emoção?
A ação?
Que conforta, aproxima,
Une, separa,
Constrói, destrói,
Nos deixa felizes,
Tristes.
Nos faz príncipes,
Nos faz sapos.
Nos faz acreditar no possível,
Lembrar o impossível.
Nos faz sermos corajosos,
Medrosos.
Nos faz acreditar que a felicidade mora pertinho,
Mesmo enfrentando obstáculos para alcançá-la,
Sabemos que vale a pena todos os desafios...
O pensamento voa!
A palavra confirma!
A emoção acelera o coração!
A ação nos faz viver com paixão!

Cabedelo/PB

19.
Vamos pensar!
Kátia Pérola

Se mesmo a nós vem retornar
O grito de almas caladas,
Precisamos o tempo parar.
Evitar das vidas as ciladas

Se voar é necessário vamos continuar.
Isso está escrito nas nossas mentes,
Conservando e ainda a imaginar
Um gosto de se agoniar buscando horizontes

Fragmentos e pequenos pontos a retardar,
Da nossa mente o vôo a alçar,
Até sem direção! Lá os pensamentos vão chegar
E em incursões ao futuro preconizar.

Em mentes a se evoluir,
Julgadas pequenas, mas sempre a sentir
os sentidos das palavras que ao ar se jogar.
Tempo não se para! Mentes a nos comandar.

Ourinhos/SP

20.
Pensamento longe
Pinho Sannasc

Sentado ali à beira-mar
Escutando o som das águas
Olhar voltado para o infinito
Mirando o vazio, vão da vida
Pensamento vago e distante

Penso nas famílias sem lar
No prato repleto de nada
Meninos no crack perdidos
Infância que foi subtraída
Chego a chorar nesse instante

Penso nas razões pra se matar
Nas guerras, feridas e marcas
No ódio, nos tiros e nos gritos
Porque se que tirar uma vida?
A guerra já nem é o bastante?

Sentado ali, eu e o mar
Pensamento lavado em águas
Algo um tanto quanto esquisito
A minha consternação refletida
E este meu pensamento longe

Salvador/BA

21.
O (meu) Pensamento
Celso Corrêa de Freitas

Não consigo parar,
Escrevo até sem ter...o que escrever.
Rabisco um risco,
Onde não há nada,
Que se possa entender.
Insisto, nunca desisto.
Até o sentido aparecer.
E ai, as palavras mostram,
o que em mim,
busca sempre sobreviver...
O meu PENSAMENTO latente
Que de repente exagerado
Explode dentro do meu ser.

Praia Grande/SP

22.
Pensamento
Paulo Rodrigues

A lua me fragou pensando em você.
Desenhei em meu pensamento seu meigo sorriso
brincando inocente
cúmplice ao meu olhar.

Com arranjos de rosas e poesias
fui ao seu encontro.
Declamei juras de amor em seu ouvido
e fui agraciado com seu meigo sorriso.

Sorocaba/SP

23.
Roberto Bordin

A vaca começou a pensar "se de pensar morreu um burro, por que eu haveria de pensar? Melhor não!
E ela, sem pensar em mais nada , foi para o brejo.

Gramado/RS

24.
Pensamento
Adriana Pontes Mendes

Pensar em ti me faz feliz.
Lembranças revividas das melhores horas de minha vida
... E, que vida!
Mesmo longe, meu pensamento te busca.

Medito... Sem pensamentos e lembranças,
Seríamos sem história!

Os nossos pensamentos, o nosso imaginário
nos conduz a criação de enredos incríveis...
Leva-nos ao alcance de vidas, que, se identificam
com a nossa criação, como se soubéssemos as suas histórias.
Em verdade é à força do pensamento.
Que possamos pensar, sonhar,
fantasiar... é terapia.
Principalmente, se esses pensamentos nos conduzem à estruturação, edificação de vidas.

Recife/PE

25.
Pensamentos
Daniel Brasil

Eu queria ter a suavidade
De um pássaro flutuando nos ares
Respirando liberdade
Do auto olhar para o mundo
Imaginar uma sensatez de igualdade
Que bom se o mundo tivesse
abundancia de amor
E paz para a felicidade!

Que bom se eu pudesse...
voar, voar, voar
sem pensar no dia que foi
e no dia que vem!
Sem pensar no amanhã
não me preocupar no que tem
simplesmente voar, voar
sem fazer mal a ninguém!

E depois de ter voado
Satisfeito de voar
De ter conquistado o espaço
Entre o céu e o mar
Com um manto de paz
Eu pudesse cobrir a Terra
Para o homem habitar!

Porto Alegre/RS

26.
No rastro dos pensamentos
Haydée S. Hostin Lima

Poeta com mãos ao vento.
Nos bolsos riscos anotações:
vai recolhendo pedaços
de frases palavras exiladas
retratos de esquinas
uns trechos de ruas.

Na praça uma cigana
pega a sorte dos passantes
atira-a no tabuleiro dos sonhos
e faz serena rede ao poeta
(feito para recolher inspirações).

Passa poeta – passo lento
recicla o sonho e o pensamento.
No tabuleiro pega o colorido.
Da cigana - pega o vento
pega um pouco de azul
e joga o jogo das páginas brancas
(peixes navegando contra as redes).
Pensa ritmados versos para alegria das praças.
Nos bolsos o sonho compõe o canto.
As calçadas fazem ritmos às baladas do pranto:

palavras retratos pensamentos encontros

Santa Maria/RS

27.
Pensamento-Pássaro Viajante!
Joyce Lima Krischke
(Aos confrades e às confreiras da CAPPAZ)

Os pássaros são enfeites do céu
Enfeites que não ganhamos ao léu
Se olharmos para baixo em seus ninhos
Também, veremos mais passarinhos.

Pássaros são livres na direção
Como o pensamento em ação
Pensamento que pode ser mudado
Ou ainda, por nós apagado.

O pensamento, também, tem um ninho.
Para repousar no seu caminho.
Ah, seja qual for o sentimento...

Passará por bom e mau momento
Pensamento-Pássaro Viajante!
Marca do humano-transmutante.

( Viaja como Fênix meu Pensamento
Com a CAPPAZ em qualquer momento!)


Balneário Camboriú/SC, 26/11/2010- 16horas.

28.
Pensamento... Pensamentos & Sentimentos
- Dimensões do ato de pensar e suas implicações-
Eloisa Antunes Maciel

Como um caudaloso rio e seus afluentes, o pensamento pode ser dimensionado em suas principais características e função enquanto apanágio do ser humano e fator do seu crescimento pessoal-social.
Eis algumas dessas dimensões:

PENSAMENTO...
Processo-produto, dinâmico e materializável, geralmente imortalizado por obras escritas e plásticas (pintura, escultura e outras); identificador do gênio, do poeta dos filósofos, de ateus, anarquistas, sábios e mártires... Traduz-se no PENSÉ em língua francesa, ou PENSAMIENTO no idioma espanhol... (Interessante: tanto o Pensé, em francês quanto o Pensamiento, em espanhol, também são traduzidos por Amor-perfeito... Uma alusão à indissociabilidade entre pensamento e sentimento?... Quem sabe... Em outros idiomas, pode-se verificar que essa associação inexiste).

PENSAR...
Pensamento em ação, encadeamento de idéias que implica discernimento e revela o pensamento-mor que reside em idéias originais do pensador, assumindo um estilo peculiar e revelando-se por encadeamento de conceitos e idéias singulares e, por vezes, surpreendentes, em se tratando de pensadores geniais. É o processo-ação tipificado como indutor da reflexão orientada a ação ou opção do pensador: “Pensar grande”... “Pensar alto”, pensar o pensamento... Pensamento em ação destinada a um fim ou propósito... Dimensão muito evidenciada na literatura francesa, haja vista a obra do genial pensador francês Anatole France... Um filão para o existencialismo, corroborando a célebre expressão de Descartes: “Penso, logo existo”...

REFLETIR...
Pensamento reflexivo voltado para análise subjetivo-objetiva da realidade intra e extra-pessoal, social, filosófica, metafísica, finalista e transcendental.
Um engenho de insights criativos, fonte geradora de novos conceitos e idealizações alimentadoras de utopias ou de idéias factíveis, altamente inovadoras... Pensamento característicos dos inventores, inovadores e, atualmente, dos chamados gênios da Cibernética... Seria a geratriz dos processos criativos, filão do progresso científico e tecnológico, do desenvolvimento humano e seus desdobramentos em atos humanistas, desde os grandes mestres do Oriente, sendo Gandhi o seu genuíno expoente no século passado... Tende a vislumbrar o infinito...

MEDITAR...
Síntese da reflexão que se orienta para dimensões ascendentes e poli-dimensionais... Tende a integrar – se numa dimensão multidimensional e atingir finalidades como as de prover o auto-controle, o controle do próprio pensamento, dos condicionantes orgânicos, podendo atuar no alívio de dores e suscitar efeitos que se estendem ao plano metafísico, espiritual e ultra-trancendental...Seria um apanágio dos verdadeiros pensadores. Tende a “unir céus e terra”, tendendo a redimensionar a própria consciência humana... Um precioso filão à auto-descoberta e ao ascetismo.

Sintetizadas as principais funções (ou dimensões) do pensamento, inegável se torna a sua dissociação dos sentimentos, especialmente no plano afetivo-apreciativo; valorativo e integrativo, permitindo ao ser humano alçar voos que extrapolem o plano existencial e se orientem para o transcendental, tendo a romper os limites do finito e do temporal, da ação e da situação, tendendo a mudar perfis e configurações.

A propósito, peço licença para “fechar” este texto com um breve e ingênuo poema que escrevi no meu “despontar poético”, ainda na Adolescência. Imagino a licença concedida e transcrevo o “poeminha”. Ei-lo:

No barco do pensamento,
No mar da meditação,
Navegamos sentimentos
Na busca da Perfeição...

Tempo firme e céu risonho,
Muitos risos e canções...
É a vida faz de um sonho,
Um rosário de ilusões...

Mas, inesperadamente,
Surge, infrene, um vendaval...
Tudo muda, de repente,
Se transforma em temporal...

E o barco do pensamento,
No mar da meditação,
Depende dos sentimentos
À busca da salvação!

29.
Eu penso em ti criança
Alzira Souza da Silva

Meu pensamento grita entranhado

Quando uma criança chora de fome
Quando o frio lhes queima como fogo
Quando seu corpo sacode de medo
Quando a dor assola e lhe consome

Quando morrem por bala perdida
Quando são marcadas para morrer
Quando chorar é minha única saída
Quando penso que nada posso fazer.

Meu pensamento sussurra na alma

Quando a noite censurar o medo
Quando amanhecer o dia na favela
Quando vim serenar a esperança
Quando a Paz for o único enredo

Quando penso no Rio de Janeiro
Quando todos livres puder repousar
Quando banir o mal por inteiro
Quando vir Cristo em cada olhar

Criciúma/SC

30.
Preguiça produtiva
Marina Martinez

Como disse alguém,
o ócio pode ser produtivo.

E pensamentos, permeando
algum tema furtivo,
podem ir além de qualquer preguiça.

Se descobriu alguma coisa? Não sei.
Foi sacudida pela realidade.
Mas aquela reflexão aleatória
não se perdeu.
Nada se desperdiça.

E pensamentos não morrem.
Apenas se transmutam em alguma outra verdade.

Porto Alegre/RS

31.
Mentes pensantes
Gislaine Wächter

Pensamento...
preciso te aquietar
simplesmente
não pensar...

você me leva
me transporta
me alucina
me incomoda

você me ilude
me emociona
me alegra
me aprisiona

quando és positivo
todo gostoso
humm prazeroso
todo dengoso

me faz feliz
me quebra o nariz
me faz ver chafariz
não deixa cicatriz

nem quero lembrar
quando me tira o sono
machucando a alma
tirando minha calma

ah pensamento
nem quero te aquietar
venha com garra e vontade
de amar, sorrir e cantar

ah pensamento
invada meu coração
estou no comando
vamos dar asas a imaginação

Balneário Camboriú/SC

32.
Pensamento
Odilon Machado de Lourenço

Despertado do fundo do vórtex voa esta dádiva
Encontro-o a nascer nas gentes
Como a chuva despencando nuvens
Regando estradas
Como raios a atravessar os ares em toda parte
Como as flores nascendo no cimo dos sóis
Vejo-o rompendo a carne, o cérebro, a imagem que se perde no tempo
Vejo-o se erguendo da semente propulsora nas chamas da terra
Habitando vôos em paisagens ilusórias
Sangrando às mãos da lavra
Sendo mágico caminhar de nuvens perdidas

Olho-o a debater-se insone
Saindo para a louca liberdade da vida
Querendo desgrenhar-se pelas florestas
Caminhar sobre as pedras de luas infindas

Atravessar muralhas nervosas
Mirar séculos
Acender os olhos de fogueiras longínquas

Ah! pensamento! Pensamento!
Cuido seu nascituro
Para que vire forma, vire arte, vire o belo.

Porto Alegre/RS

33.
A vaquinha e seus pensares
Nena Sarti

...se aprendi a voar é porque fui parida no topo da montanha e treinada numa gincana burguesa, para relatos de sabores, cheiros de versos do mangue, imagens em pedregulhos onde o olfato do vento
Versejava em minhas ventas, quando soltava tatos nos cascos.
É, quando faço muuuu... minhas pupilas dilatam e latem feito morcego sorrindo para lua cheia.
Leite? Tenho. Produzo normal. Anormais são as bocas arreganhadas de sonho querendo aprender a voar também.
Qual é a diferença de uma vaca pensando, de uma vaca voando?
Qual é! Não há diferença na corrida sinestésica do tempo! Sou vaca. E daí? Mudar para quê? Abano o rabo dando twauzinho para as moscas asquerosas que teimam em me beijar.
Com minhas asas vôo alto, intensamente e observo o universo dos homens que insistem em serem normais.
Para que querer mais?

Campo Grande/MS, 30 de novembro de 2010

34.
O Pensamento
Carlos Reinaldo de Souza

Poderoso é o pensamento,
traz alegria e prazer;
mas, cuidado, é um tormento,
se traz a dor, sem querer.

Quando flutua no ar,
deixa um sinal de perigo,
e a paz pode ameaçar,
pode tornar-se inimigo.

Portanto, amarre-o consigo,
não o deixe sem candura
ele requer peito amigo,
que o abrace com ternura.

E não terá sofrimento,
nem sentirá qualquer dor,
quem cultiva o pensamento
com a seiva rica do amor !

Conselheiro Lafaiete/MG

35.
O pensamento como a maior expressão da liberdade.
Akasha De Lioncourt

Consideramos o pensamento como a maior expressão do conceito estrito da palavra liberdade. Dizemos isso porque o pensamento não pode ser restringido, não pode ser cerceado, ele pode simplesmente existir dentro do nosso consciente. Alguém já disse, acertadamente, que poderiam cortar-lhe as mãos para que não escrevesse seus pensamentos, ou mesmo a língua para que não os verbalizasse, porém jamais poderiam impedir que ele pensasse. Cego, surdo, mudo e, mesmo assim, ser pensante. Pensar é sinônimo de existir.

Infelizmente, começo a pensar que estão conseguindo cercear a liberdade de pensamento utilizando um método muito eficaz: a deseducação. Vemos, hoje, nossos jovens cada vez mais distantes do conceito de livre pensamento e principalmente o desestímulo para que eles pensem com seus próprios recursos intelectuais. Começa-se com a péssima qualidade do ensino nas escolas, que aprovam mesmo se o aluno não souber escrever o próprio nome. Em seguida, os meios de comunicação em massa atraem os jovens para as novidades eletrônicas, games, videogames, programas de TV que pouco somam ao conhecimento mas trazem mensagens subliminares que incitam a preguiça de raciocinar. Enfim, estão cultivando em nossos jovens as idéias pré-concebidas para que não precisem pensar muito sobre a importância de se opinar de acordo com os princípios de cada indivíduo.

Lamentável... Dói-me a perspectiva de vermos verdadeiros zumbis intelectuais, sem iniciativa própria, à mercê da mídia e dos donos do poder, cujo interesse é desvalorizar a importância da liberdade de expressão e, principalmente, a liberdade de pensamento como algo inerente a todo e qualquer ser humano. Parafraseando o querido Charles Chaplin: “Não sois máquina, homens é quem sois”, ou seja, use sua personalidade para expressar a forma mais linda de liberdade que é o pensamento, seja ele qual for.

Bauru/SP

36.
Pensa-Mento
Sandra Almeida

Impressiono -me, a cada dia.
E, de repente adormeço.
Pois a solidão me traz nostalgia,
apressadando a vida ,no meu universo.

Costumo sorrir das divagações tolas,
e invento,noites de verão com flores.
Calo-me,diante de do abandono das folhas,
de um outono interior,que brota em cores.

Meu vôo é privado, retraído e sisudo.
Gira e desnuda cada molécula do universo,
singrando mares,sigo em busca de verso.

Versos lânguidos que lambem minha alma,
com um veneno suave e inebriante.
E assim meu pensamento se faz poesia!

Cacoal/RO

37.
Pensamento
Sônia Rêgo

Voa bem longe meu pensamento
Vai à ele anunciar.
Diga dos meus temores
Mas enfatizas que sem ele não posso ficar
Grita bem alto , meu Pensamento
Deixe todo mundo ouvir
Que ele é meu grande amor
Que meu otimismo voltou
Que de amor agora vou me suprir.
Não vaciles meu pensamento
Nem por um momento
Ele precisa saber
Que só nele eu penso
Por ele eu vivo e sustento
Sem ele não posso viver.

Rio de Janeiro/RJ, 12/2010.

38.
O Pensamento!
J.J. Oliveira Gonçalves

Contigo no pensamento
Verso a verso eu componho!
Não te tendo no momento
Ao menos contigo eu sonho!

O pensamento vai longe
Disse o grande Lupicínio!
Nesta Solidão de monge
Endosso seu vaticínio!

Não aconselho a ninguém
A pensar em demasia!
Pode tornar-se refém
De uma vã filosofia!

O pensamento tão belo
Tem piscar de vagalumes!
Complexo é e ainda singelo
Risos esconde e queixumes!

Fecho aqui a redondilha
Mas não é ponto-final!
Pensamento é Luz que brilha
É Etéreo e Universal

Porto Alegre-RS
jjotapoeta@yahoo.com.br – jjotaposia@gmail.com
http://transmutacoes.zip.net – www.cappaz.com.br

SELO DE PARTICIPAÇÃO

Pegue seu selo de participação na 25ª Ciranda Mensal CAPPAZ "Pensamento", clicando com o botão direito do mouse sobre a imagem e em salvar como.







|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||
 
Formatação by Rosângela Coelho
Foto by Joyce Lu@zul
Exclusivo para a CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados