Utilize esse comando para parar
a música de fundo e os respectivos
comandos para ouvir as demais
músicas.






AGRADECIMENTOS

A árvore da vida é benevolente... Gera rebentos altivos e fraternos a todo o momento, quando nos deparamos com gestos de amor , paz e afeição durante nossa caminhada nessa existência. Mas, de que forma observamos tais gestos preciosos cintilarem e nascerem, num mundo provido de disputa e mesquinhez? Basta dar alento ao episódio originário da mão esticada em auxílio a outrem, para contemplar o fruto da vida surgir no olhar brilhante de júbilo. Aí, sim! Os gestos passam a existir e, as tais palavras de conforto juntam-se aos apertos de mãos sinceras e entrelaçadas de solidariedade, para o fruto da vida inflamar de alegria o coração flagelado de outrem. Todavia, o acontecimento carece de vigília constante, para que a irmandade mantenha-se forte diante dos percalços e também das adversidades da contemporaneidade... Portanto, o agradecimento é a maneira mais direta e potente de abastecer nossa confraria CAPPAZ, enaltecendo dia após dia a participação dos confrades e confreiras que praticam a paz por diversos lugares, ofertando o fruto da vida com palavras de conforto e compreensão.

Fiquem, bem! Abençoados (as) irmãos (ãs) de luz.

Atenciosamente

José Assumpção
Vice-Presidente Seccional Curitiba/PR

 





INTRODUÇÃO

Os frutos da vida possuem vários sabores e formas, dependendo das situações.
Alguns momentos são doces e outros amargos. O importante é entendermos a vontade de Deus e seguirmos com fé.
O fruto da vitória só será alcançado depois da luta.
Seja seu viver um fruto da fé, da bondade e do amor!

Flávio Martinez Guebara
Confrade Diadema/SP






LISTA DE PARTICIPANTES


01- Flávio Martinez Guebara (Introdução)
02- José Roberto de Assumpção
(Agradecimento e encerramento)
03- Estela Braud
04- J Otoniel Poeta
05- Vera Lúcia Passos Souza
(três participações)
06- Deomídio Neves de Macêdo Neto
07- Humberto Rodrigues Neto
08- Leon Lambert
09- Nádia Cerqueira (duas participações)
10- Paola Rhoden
11- Tânia Maria de Souza
12- Marcelo de Oliveira Souza
13- Haydée S. Hostin Lima
14- Ana Teresinha Drumond Machado
15- Élio Cândido de Oliveira
16- Sílvia Silva Benedetti
17- Eloísa Antunes Maciel
18- Fátima Maria do Nascimento Peixoto
19- Sidney Santos
20- Kátia Pérola
21- Diná Fernandes
22- Roberto Bordin
23- Letícia da Rocha Silva
24- João José Oliveira Gonçalves
25- Adalberto B. Silva (Gybb Rasta)
26- Gislaine Wächter
27- Maria das Neves Pereira Barbosa
28- Fernando Alberto Salinas Couto
29- Akasha De Lioncourt
30- Paulo Rodrigues
31- Luiz Menezes de Miranda
32- Pinho Sannasc
33- Marco A. Amado
34- Lourdes Ramos
35- Ana Maria Cardoso
36- Eliene Dantas de Miranda Taveira
37- Marina Martinez
38- Rosana Carneiro
39- Joyce Lima Krischke
40- Dinalva de Jesus Santana Macêdo
41- Mário Ferreira da Silva
42- Carlos Reinaldo de Souza






Os textos aqui apresentados são cópias fiéis dos conteúdos enviados por e-mail, ficando essa web designer e a CAPPAZ isentas de qualquer responsabilidade pela revisão dos mesmos.

PARTICIPAÇÕES

-01-
As Sementes e os Frutos
Estela Braud

Por toda parte e em todos os lugares, espalham-se sementes. Como nós, sementes.
Muitas vão para longe da sua matriz, nascem, vivem reproduzem e morrem, dão conta de sua função.
Mas algumas sementes têm idéias, elas dão frutos idealistas, vieram para deixar marcada sua passagem.
São frutos de sonhos, traduzidas em poesia, em prosa, obras de arte
Para fazer pensar, despertar, transformar sentimentos em palavras, em mágica expressão de cores,
Em uma cruzada limpa CAPPAZ de contribuir
Para um mundo melhor
Em que um dia predominará a paz do amor.



-02-
FRUTOS DA TERRA
(J Otoniel Poeta)

Onde e quando seria a mim pessoalmente
Falando, versar sobre esse tema frutos da terra?
O tema não deixa de ser sugestivo a qualquer mente
Falar de tudo que provém do solo terrestre requer até uma palestra
Os participantes são os que estão do outro lado na tela do monitor
Vejo então que o momento é este diante do teclado
Do meu computador

Onde? aqui; quando? agora é chegada a hora
De início os frutos em matéria de alimentação é fundamental
São eles que garantem a todos habitantes da terra sua sobrevivência
Esses frutos devem vir até ao consumidor da forma mais natural
Exigem do lavrador o máximo de dedicação e eficiência
Daí vem a necessidade do cuidado em trazê-los ao consumo do jeito mais saudável

Tornando-os ou fazendo-os ser de qualidade do útil ao agradável!
A dona de casa tem muito a ver com os produtos: alfaces, tomates, cebolas, a mandioca e mais tantos outros que tornam-se até inumerável
Ela que deve cuidar com zelo das frutas, e legumes a fora
Os já acima se fez constar
Ter como prioridade evitar aqueles que os efeitos dos agro-tóxicos trazem
Da população comprometem esses a saúde e bem-estar
De preferência saber a origem e de onde são produzidos
O lugar

De forma global incluímos os produtos que vem do mar
Esse está no globo terrestre também pois a terra
É dividida entre crostas e águas ficando o mar a beirar
Com as ondas, espumas e areia formando as praias
Nele habitam as baleias, tubarões, morsas, elefantes
E leões marinhos que completam um cenário de riquezas
Alimentícias e ornamentais destacando-se o bacalhau
Nos rios jacarés , crocodilos, e grande variedade de
Peixes servindo de especial alimento às mesas
Muitos de sabor qualidade e preferências sem igual!...

-03-
Retratos de Ubaíra
Vera Passos

Lembro-me ainda criança
Menina folgada
Esguia, de trança
Correndo na praça
Livre, descalça
Saudável lembrança
Recordo inverno
Casais se amando
A gente brincando
As juras da árvore
A banda passando
O povo cantando
Bons tempos... se foram

-04-
DEUS
Vera Passos

Eu busco Deus no silêncio dos desertos
Habitados por ninguém
Nos mistérios do Além
Busco Deus nos rumores das florestas
Na flora perfumada e colorida
Nos segredos da minha vida
Nos encantos que a contém
Procuro DEUS nas imensas cordilheiras
Banhadas pela neve infinita
Nos enormes paredões que limitam Oceanos
Eu O encontro, nas avenidas e ruelas
Nas inacessíveis favelas
Busco DEUS, o Velho Criador
Nos encantos do amor
No silêncio e na dor
Vejo DEUS, nos arredores da cidade
Nos escombros das catástrofes
Nos arroubos e nas verdades
Na rosa do deserto
Na Caatinga e no Prado
Na nascente de um rio
No encontro com o Mar
Na final da caminhada
E no começo da Estação que vai chegar

-05-
Os frutos da vida
Deomídio Macêdo




O planeta gira num movimento de rotação
bailando na translação dos meus dias que floresce.
A semente do bem que espalho na corrente Divinal
frutos bons produzirão na árvore do amanhã,
florindo as novas gerações com bondade e amor.
E o resultado deste plantio é a conexão da vida que brinca alegremente na corrida do rio que deságua no mar.
É o vulcão fluorescente que brota da terra incandescente, excitado, fogoso alertando que ela é vivaz.
São os vôos dos passarinhos que pintam os céus com diversas cores gargalhando estridentes com seus cantos.
É o transformar da lagarta em borboleta que despreza o casulo pra voar.
Enfim é o balbuciar das primeiras palavras que o bebê pronuncia, tentando levantar nos passos vacilantes, rindo sem dentes,
respirando ar puro que a natureza oferece, graças ao plantio de boas sementes.


-06-
OS FRUTOS DA VIDA
Humberto Rodrigues Neto

Todo bem que almejares na existência
não se conta por cifras ou valores,
mas pelos dotes enobrecedores
de devotar aos pobres tua clemência.

Mitiga-lhes, portanto, os dissabores
da fome, da miséria, da indigência,
e espalha as bênçãos da tua complacência
por onde andares e aonde quer que fores.

Doa ao pedinte os níqueis que dispões,
Ainda que ele veja em teus tostões
a mísera fração de um basto cofre,

pois esta vida de dois bens consiste:
tornar menos amarga uma alma triste,
e o riso abrir num coração que sofre!

-07-
Léon Lambert

SEMENTE É NEGÓCIO DE AGRÔNOMO, SOU ORGULHOSO DE SER .
E GOSTO DA GENTE DO CAMPO
ABRAÇOS
LEON

-08-
O Caminho Para a Eternidade
Nádia Cerqueira

No caminho para a eternidade procuro percorrer
Um único caminho
O caminho da liberdade
Preservando tudo que compõe a beleza da vida
O amor, os animais, o homem, os rios e as florestas
Tendo uma vida sem ambição e modesta
Fugindo da ambição desse sistema capitalista
Expurgando o ódio e a ganância
De forma realista
Equilibrando o que for possível
Para ter um mundo melhor
A eternidade virá como um prêmio
Eliminando todo esforço e suor
Mesmo com todos os obstáculos
Alcançaremos esse caminho de glória
Destruindo todo sentimento de vingança
Conseguiremos esta vitória
Essa busca jamais será em vão
Porque Deus nos criou para sermos felizes
E não para viver em aflição.

-09-
Colheita da Vida
Paola Rhoden

Algumas vezes pensamos
Outras nem isso podemos
Depende do que levamos
Das coisas que dependemos
Plantamos sementes prontas
Colhemos fruto esperado
E deles nos damos conta
Pois colhemos o plantado
Mas às vezes acontece
Cai semente sem querer
E o que nasce dessa messe
Traz tristeza e desprazer
Qual de nós não se arrepende
Por fruto colhido ao acaso
Que por acaso a semente
Caiu sem querer no arado
Nem sempre somos culpados
Por essa semeadura
Que vazou pela corrida
Porque a corrida é dura
Colhendo os frutos da vida.

-10-
Árvore da Vida
Tânia Maria de Souza



Título: Árvore da Vida
Técnica: Mista sobre eucatex
Dimensões: 0,50 x 0,50m

-11-
Fruto pela vida
Marcelo de Oliveira Souza

Nessa hora preferida
Maravilhosa e desprovida
De coisa ruim e atrevida
Sento-me com você
Meu amor, minha vida!

Num sonho encantado
Estou alegre e sentado
Olhando maravilhado
O grito da alvorada.
Você empolgada
Vê o nosso amor brotar
No fruto pela vida.

Nosso amor eternizado
Nessa linda menina
Me deixa mais apaixonado
Por você minha querida!

-12-
Coração da Cidade
Haydée S. Hostin Lima

Ninguém passa pelo coração da cidade impunemente
nem mesmo em manhãs de nuvens
nem mesmo em manhãs de chuva.
Porque passam homens com seus ternos e gravatas
passam homens e suas bravatas.
Passam mulheres e suas bijuterias
as mulheres com suas promessas e alegrias
os casais e seus planos desiguais...
... e passam os pedreiros e suas mochilas encardidas
as secretárias com agendas não cumpridas
os garotos e seus jeans seus planos de carros
dias de cadernos dias ruins de cigarros.

Ninguém passa impunemente no coração da cidade
nem na manhã sombria que já nasceu vazia...
pois mesmo não percebendo
as manhãs trazem saudades
de crepúsculos róseos cheiros primaveris
frutos maduros para morder
sacolas de sonhos para viver.
Porque passam gentes de todos os olhares
e gentes passam sem saber que passam
deixando marcas breves caracóis
tudo tão frágil e espantados girassóis
que o poeta que saiu de casa
em manhã de nuvens (se atrapalha e faz)
apenas versos versos delicados
para compor uma canção de paz.

-13-
A Árvore da Vida
Ana Teresinha Drumond Machado

"Acolhe em teus braços o fruto
bendito do amor que Deus te legou"

De raízes profundas nascemos.
Em um solo escondido
não mais vistas
são lembradas
estão guardadas...
Hastes que não esperam retorno,
doadoras de vidas,
sabem só oferecer,
e em troca nada pedem.

Delas muitos frutos semeados
Outros muitos frutificados.
Da gameleira surgiram
exemplos de vida
de força ... de resistência ...
de benevolência.

Sóis, ventos fortes, vendavais
cachoeira de lágrimas
passaram... sacudiram... tremeram
nossos troncos de vida.
E eles em pé continuaram
sustentados pela fé.

Da árvore-mãe, em terra fértil,
sementes caíram e produziram
fé...esperança ... bondade.

Somos nada e temos tudo:
somos frutos de vida
filhos da gameleira,
paixão do jacarandá
que juntos souberam
amar...educar... encaminhar...
Seus pomos estão aqui!

Alvinópolis/MG

-14-
AS SEMENTES E OS FRUTOS.
Élio Cândido de Oliveira

Espalhe-se!
Puros e belos sentimentos.
Livre dos grilhões da maldade.
Distribua paz e caridade

Serão sementes lançadas a principio ao vento
Saberás a posterior que não ficarão ao relento.
Colhidas serão e também apreciadas
E saiba aceitas serão também repassadas.

Assemelhe aos pássaros!
Que pelos seus frágeis bicos a semear,
E deste trabalho eles próprios se beneficiar
E o prazer de outros também desfrutar.

São frutos!
São sementes!
É trabalho lento a se processar.
A vida e natureza assim preservar.

-15-
OS FRUTOS DA VIDA (prosa)
Sílvia Benedetti

Levadas pela força dos ventos as sementes viajam em busca de solo acolhedor.
Nele, muitas delas germinarão e, com o passar do tempo se transformarão em árvores que, em sua maioria irão florescer e frutificar na esperada matemática da multiplicação.
Da boa semente a esperança de fartura em frutos saborosos e sadios.
Da boa semente o sonho da vida sob a bandeira da fraternidade, no suave e melodioso acalanto da Paz!
Somos sementeiras
De caráter, dignidade e união.
Somos sementeiras
De virtudes e vícios.
Cuidemos nossas sementes na expectativa de que OS FRUTOS DA VIDA se concretizem em futuro promissor no aperfeiçoamento material e espiritual da humanidade.


-16-
FRUTOS DA VIDA...
ELOISA ANTUNES MACIEL
(São Martinho da Serra/RS)

Frutos da vida?... Quanta variedade
De pomos da discórdia ou da esperança...
De frutos de primeira qualidade,
Semeados com paciência e tolerância...

Frutos da vida são os pensamentos
Em gestos de bondade consumados...
Frutos da vida são os sentimentos
Na Caridade materializados ...

Frutos da vida podem ser amargos,
Ou doces, como os pomos outonais...
Frutos da vida pressupõem encargos
Que vão além do trato dos quintais...

Vários frutos da Vida são os fatos
Que muitas consequências vão gerar...
Frutos da vida são também os atos
Que muitos sonhos vão realizar...

Frutos da vida são classificados
Por sua espécie ou finalidade...
E todos frutos são qualificados
Por sua natureza ou propriedade...

Se essa propriedade é muito rara,
À Vida esse detalhe tanto faz...
Os bons frutos da Vida são da Seara
Dos atos fraternais de Amor e Paz!

16/07/2011

-17-
A velha árvore
Vera Passos

Lá vem o batalhão de inconscientes, incompetentes
Marchando pra guerra
E ainda em terra
A velha inocente, alheia a tudo, vive.
No dorso tantas eras.
Admira a primavera e gera sementes.
Extraordinariamente linda! Exuberante...
Nos seus galhos tão fortes
Aninham os passarinhos
Machados e serras ferem seu corpo robusto
E com muito custo e enorme barulho
Tomba um galho.
Meu corpo estremece, meus olhos umedecem
O batalhão cumpre o trato
E apesar de resistentes, outros galhos desfalecem
E tombam depois, até a raiz
Desatam-se os elos.
E lá se foram as juras de amor
Gravadas nos troncos
As promessas a dois
Foi-se a história de uma vida de glórias

-18-
Frutos da Vida
Fátima Peixoto



Sou semente
Preciso germinar,
Desabrochar,
Já que vim ao mundo,
Tenho uma missão de fazer o melhor,
iluminar todos que passarem pelo meu caminho,
Um simples ato posso fazer alguém feliz
E me sentir feliz também.
Por que não começo agindo para o bem?
Pra que desrespeitar, se gosto de ser respeitada,
Pra que desamor, se gosto de ser amada,
Pra que indiferença, se gosto de ser valorizada.
Outras sementes vou encontrar,
Sozinha não vou poder caminhar,
Juntas, belos frutos vamos proliferar,
Frutos do amor,da paz,da compreensão!!
Frutos que devem germinar em cada coração.

Texto produzido para ciranda "Frutos da Vida" da CAPPAZ.

-19-
UM DIA
Sidney Santos

Lindo fio de esperança
Pipas planando no ar
Sorriso de uma criança
O vôo querendo imitar

Chuva irrigando o campo
Pólen nas mãos do vento
Flores abrindo de encanto
Frutos doce alimento

Jura de não ter fronteiras
Sem ódio e também rancores
União de todas bandeiras
Em uno arco de cores

Colorido expressando vontades
Na tela com grande incidência
Pintando a expressão da verdade
Com a soma das inteligências

Poeta dos Sonhos - Santos/SP

-20-
FRUTOS DA VIDA
Kátia Pérola

Haverá sim a busca constante
Lugares que traz o inconsciente
Onde se pode assim germinar
A semente que viemos um dia jogar

O tempo virá e tudo a se transformar.
Em arvores frutíferas logo se tornar
Acolher não a natureza.
A vida em total harmonia e beleza.

A semente lançada
A terra fértil dos corações
Retratará logo puras emoções.

A vida como grande meta tornar
A paz sim se caracterizar
Os frutos da vida essenciais a nós se alegrar.

Ourinhos-SP

-21-
Plante o Bem e colha Frutos Saudáveis
Diná Fernandes

Bendito seja o fruto
Da árvore da vida
Germinado no Pomar
Doado pela mão divina.

A vida é como a árvore
Quando plantada em solo bem adubado
Cresce sadia, frondosa, oferece boa sombra
Floresce, e bons frutos são esperados.

Somos os ramos cristãos
Da árvore da vida
A ser regados com a seiva do Amor,
este que semeia em nossos corações
a semente da bondade, generosidade
e formação do caráter que nos “inspira a proceder no bem”.
Assim como a árvore necessita de boa rega,
A vida firma seu alicerce nas ações
Advindas do bem ou mal semeado
Nos caminhos trilhados.
Para que os frutos venham sadios,
É preciso que do nosso coração
Brote o desejo salutar de uma vida
Harmoniosa, onde o rancor não encontre receptividade.
Que a Paz, a Luz, o Amor e a Equidade,
seja nossa eterna bandeira de luta.

-22-
Fruta boa
Roberto Bordin

Fruto da vida, fruto do amor
sabor amargo às vezes
umas poucas vezes
doce que nem melado
maduro, tenro
caindo bem no paladar
verde, impróprio
prendendo a lingua
azedando a boca
mas fruto vivo
fruta da vida
fruto da vida
supremo sumo
sumo gostoso
principalmente
com gosto de amor.

-23-
Frutos da Vida
Letícia da Rocha Silva

Esplendorosa! encantadora! indelével! inefável! a vida é fruto do amor divino. Mal vivida, mal amada, bem vivida, bem amada, a vida nos devolve aquilo que oferecemos a ela. Fundamentada nos sentimentos humanos, ela produz vários frutos: a paz, a guerra o amor, o ódio, a calúnia, a cizânia, a maledicência, a benevolência, a caridade, a solidariedade. Portanto, cabe ao jardineiro regar e moldar a árvore da vida, conforme os seus princípios superiores.
A vida é capaz de produzir bons frutos. A CAPPAZ é fruto da vida.

-24-
Os Frutos da Terra...
J.J. Oliveira Gonçalves

Seareiro de 1000 Sonhos eu lancei
Na Terra - Etérea e Fértil - da Ilusão
Sementes de Esperança... E esperei
Os Frutos - com ansiosa Emoção!

O Tempo galopou e eu pensei:
Os Frutos que esperei não dão mais não!
Por tantos negros Lutos eu passei
E - hoje - me amasiei à Solidão!

Meus versos se são Flores não dão Frutos
Debocham 1000 Fantasmas - feros, brutos
Que o Destino aos meus Sonhos disse: não!

Perdoem minha rima anjosiana
Se Cética - assim soa - e igual Profana
É que me dói demais o coração!

Sonhei demais... Semeei... Pouco colhi
Quase vazias - as mãos - as trago aqui!

Porto Alegre, 21 de julho/2011. 11h27min
jjotapoeta@yahoo.com.br - jjotapoesia@gmail.com
http://transmutacoes.zip.net  - www.cappaz.com.br

-25-
Vida
Letra e Música: Adalberto B. Silva



Eu sei que muitos tem coisas a reclamar
Pois nesta Babilonia é tudo um absurdo
Trocam gente por dinheiro
Sem nem um respeito pela vida
Vejo tantos em conflito
Procurando uma saída

(Refrão)
Imaginem se todos atendessem a voz do criador
E espalhassem a paz ao invés do ódio e o terror (2x)

(Refrão)
Vida vida presente do criador (Jah Jah Ye)
Vida vida quem poderá medir o seu valor (only Jah no)
Vida vida obra do maior escudo (Jah Jah yea)
Vida vida marca do seu amor

Eu sei que neste mundo todos temos a missão
Transmitir o amor e buscar a união
E estender a mão e não olhar a quem eu disse não
Dar o pão a quem tem fome
Jamais negar perdão

(Refrão)
Imaginem se todos atendessem a voz do criador
E espalhassem a paz ao invés do ódio e o terror (2x)

(Refrão)
Vida vida presente do criador (Jah Jah Ye)
Vida vida quem poderá medir o seu valor (only Jah no)
Vida vida obra do maior escudo (Jah Jah yea)
Vida vida marca do seu amor

Vida, vida...
Vida, vida...
Vida, vida...
Vida, vida...
Vida, vidaaaaa, vidaaaaa

-26-
A VIDA É UMA FRUTA!
Gislaine Wächter

vou fazer minha vida
simples como uma banana
alegre como uma fatia de melancia
atraente como uma maçã vermelha
suculenta como uma laranja
próspera como romã
saudável como mamão com mel

tem dias amargos como jiló
aguada como chuchu
ardente como malagueta
chorosos como cortar cebola
peguentos como caqui verde
ácidos como abacaxi
azedo como limão

adoro amanhecer
colorida como morango
refrescante como hortelã
aromática como especiarias
alegre como amorinhas reunidas
deliciosa como cereja
aconchegada como uva na videira

vou juntar
o violeta da berinjela,
o laranja da abóbora,
o verde da rúcula,
o amarelo do melão,
o vermelho do tomate e
o azul do céu
então como num arco íris
contemplar a beleza das cores
e transportar para nossos corações
toda a paz dos frutos da vida
que Deus nos deu com tanto carinho
para servir e ser feliz!

-27-
SEMEADURA
Neneca Barbosa

Cultivemos a humildade
Tendo o amor como nosso guia
Com esforço e sabedoria
Extirpando da alma a vaidade.

Livre é nossa semeadura
Depende da nossa vontade
Seja má, ou seja, de bondade
Será nossa colheita futura.

Vigiemos nossos pensamentos
Na primeira hora matutina
Deixando fluir a luz divina
Aprimorando os sentimentos.

Usando o bom senso e a razão
Não cairemos nas armadilhas
Das paixões surgidas nas trilhas
Da Humanidade em expiação.

O Amor é a água cristalina
Que mata a sede do viajor
Que cansado do seu labor
Aguarda a estrela vespertina.

-28-
FRUTOS DA VIDA
Fernando Alberto Salinas Couto

Amizades leais e sinceras,
solidariedade, paz, carinho
são alguns frutos achados
em nosso extenso caminho.
Não são apenas quimeras,
mas frutos por nós plantados.

Temos tempo e discernimento
para poder escolher
e nasce em nosso pensamento
o que, um dia, vamos colher.

Dependem da trilha escolhida,
todos os frutos da nossa vida.

SP – 25/07/11

-29-
Grávida
Akasha De Lioncourt

Estou grávida
Grávida de sonhos
Esperanças
Amor...
Grávida de um futuro
Promissor,
Cheio de Luz
Claridade...
Clareou
Completou...
Completude...
Grávida,
De VIDA
De AFETO
Gravidez de bênção
Essa minha...
Porque ela me trouxe
Você...
Estou grávida,
De planos,
Meus e seus
Nossos...
Sempre nossos...
Gravidez esperada,
Por eras,
Séculos...
Muitas vidas!
Estou grávida
De um futuro bom
De vida conjunta
De sons maviosos
De filhos maravilhosos
Estou grávida
Feliz e amada
Amando e grávida...
Sem qualquer gravidade...
Repleta de felicidade...
Grávida...
De nós...
Amo você...
Do tamanho
Da minha alma!

(18/10/2006)

-30-
Frutos da Vida - Plante suas Sementes
Paulo Rodrigues

Você é o fruto dos seus atos e palavras.

Está na hora de você matar
essa pessoa horrível que mora dentro de você.
Se você deseja ser respeitado:
dê respeito.
É ignorância da sua parte achar que seu cabelo branco,
sua hierarquia e status social vai te garantir respeito.
Se você deseja ter amigos:
fale menos e ouça mais.
Se você deseja ter grandes amigos:
seja sincero mesmo que magoe e machuque quem você ama.
Se você desejar viver um grande amor:
jogue por altos os preconceito que mora dentro de você.
Pois, diferença de idade, sociais, religiosas, distância, beleza, traumas,
ciúme, sexualidade, manias, jeito de ser, de encarar a vida, etc, etc
não são empecilhos para o Amor.
O Amor vencer todas as barreiras.
O resto é apenas detalhe.
Se você desejar ser um bom Universitário
está na hora de estudar para aprender
e não apenas para passar de ano (não pegar DP).
Se você deseja ser um bom Professor:
leve a sério sua missão de educador:
planeje suas aulas e tenha paciência
porque cada um tem seu nível de aprendizado.
Nem todos são nerds.
Isso é um ato de respeito pelos seus alunos.
Se você deseja ser um bom filho:
pare de pensar que sabe tudo
e leve a sério o que seus pais lhe dizem.
Por mais que pareça absurdo o que eles dizem,
um dia você verá que eles sempre tinham razão.
Se você deseja ser um bom Pai:
ouça mais seu filho e participe da vida dele.
Isso é tudo que ele espera de você.
Se você deseja ser feliz...
Confesso: não conheço nenhuma regra para isso,
mas deixo um conselho:
Seja organizado, planeje tudo, tenha objetivo e metas para alcançá-los.
Porém, saiba a hora de quebrar todas as regras,
jogar tudo por altos e fazer o que lhe faz se sentir melhor
naquele momento porque a vida é feita de momentos.
Costumo chamá-los de pedacinhos de felicidade.

Sorocaba/SP

-31-
PECADO
Luiz Menezes de Miranda

Que posso dizer
Da folha caída
Do fruto maduro
Da beleza da flor
Que exala o olor
Do mais rico aroma
Para que posso sentir
Não somente o prazer
Mas também o desejo
Do beijo provado
Do carinho aveludado
De uma mão terna
De frases abertas
Que aguce a vida
De um desejo liberto
Com o sabor de um fruto escolhido
Que tentou o pecado
Abrindo a porta do paraíso
Que expos o mundo
Dando posses as suas crias
Partilhar a maldade
Escolhendo verdade
Abrindo feridas
Para que se descubra
Os antídotos
De uma dor já passada
Transformada em ternura
De canduras afetivas
Que deu nome a uma vida
Espalhando-se no mundo
Dando nomes ocultos
Que na essência da vida
Pode-se chamar amor.

-32-
Filhos da Rua
Nádia Cerqueira

A cada dia nasce
Mais um filho da agonia
Para compor o quadro do descaso
Da hipocrisia
Esses meninos que são filhos da rua
Que não tem endereço
Nem identificação
Amanhã serão cadáveres jogados
No lixão
E sempre haverá mais um a mendigar
O pão
Com semblante sofrido
Sem direção
Dor e olhar se confundem
Na melancolia e maldição
Pequenos excluídos
Sem forças para vencer
Não sei se o sofrer
Vem do olhar ou o olhar
vem do sofrer!

-33-
Bons frutos e boas sementes
Pinho Sannasc

De onde nascem os bons frutos?
Por certo, é das boas sementes
E hoje que já estou mais adulto
Observo isto mais atentamente

O homem que planta o bem
Colhe a sua própria natureza
A árvore só dá o fruto que tem
Mote que defendo com certeza

Os que têm no amor seu rebento
Colhem alegrias e quiçá amizade
Entretanto os que semeiam vento
Dizem que colhe é tempestade

Um conselho que vale por cem
Uma dica que transpira meu cor
Plantem mesmo a paz e o bem
Pra colherem um mundo melhor

-34-
SEMEANDOA ESPERANÇA...
Marco A. Amado

Cave diversos buracos em terra esteril
Junte terra fértil, água e sementes.
Regue com água e muito amor e carinho
Tenha também paciência
Pois destas sementes floresceram frondosas árvores
Que deram em seus frondosos galhos
Os frutos da vida
Alguns serão saborosos
Fáceis de degustar
Outros azedos
Ao paladar
Mas não se enganem
Pois as vezes o doce do fruto
Pode ser uma armadilha
Enquanto o fruto azedo
Pode ser uma benção
Note também que estes frutos
Serão de diversas cores
Verdes, vermelhos, amarelos
Roxos, brancos, negros e etc.
Mas nunca julgue-os pelas aparências
Pois num fruto que parece estar apodrecido
Pode estar a cura de diversos males
Tanto do corpo como da alma.
Por isto a cada novo amanhecer
Plante uma nova semente
Tenha fé
E note que é possível
Germinar o amor
A paz
O carinho
A felicidade
Mas também note
Que juntamente com todos
Estes bons atributos
À de crescer
Ervas daninhas
Mas o Grande Arquiteto do Universo
Em sua enorme sapiência
Induziu a natureza
A produzir estás mazelas
No meio de tanta beleza
Pois só desta forma
Os seres vivos se dão conta
De como são vulneráveis
Num dia frondoso e belo
E em outros momentos
Murchos e sem viço.
Por isto nunca deixe de plantar
Em vossos coração
A esperança.

Ocram 18/07/11

-35-
COLHEITA
Lourdes Ramos

Que barganha foi essa?
Troquei uma dor antiga
por outra mais recente
Um coração passivo
Por outro mais carente
Um sonho adormecido
Por outro delirante
Uma ilusão perdida
Por outra mais cortante
Antes era a paixão,
Depois a ilusão de algo que se diluiu
Agora é a dor viva, vívida, lacerante
Ressinto-me da dor do amor ausente
Ressinto-me da distância incoerente
Levanto a bandeira branca
E peço clemência e paz
Mas, não ouves, não, falas, não vês
Que barganha boba
Troquei seis por meia dúzia
Não, já determinei
Não te verei mais
Nem te chamarei jamais
Nem por um segundo
Quero o silêncio pleno, não o caos
Mas o que me dói ainda
É esta mudez escandalosa
Entre nós, só um hiato,
Um abismo tão profundo
Troquei o dito pelo não dito
Mas foi preciso
Deu pena, era tão bonito
E então, excluí teu perfil do coração
Em um clique te apaguei
Sem compaixão
Mas o silêncio maldito
Escondeu o teu delito
Foi por isso que chorei
Debulhada em sal sem sol
Dou agora tempo ao tempo
Só lamento
Sei que isso não plantei
A colheita não é minha
Com doçura de menina
Tudo que fiz foi te amar
Da minha parte,
Cansei...
Existe uma lei divina
E quem plantou vai ceifar!

-36-
O FRUTO DA VIDA
Ana Maria Cardoso

A semente do amor
Sempre bem cuidada
Produzirá sempre frutos
Que a vida nos ofertará

Uma nova história de vida
Agora escreverei
Depois de um doce fruto
Que agora eu provei

A vida com amor
É uma árvore com flor
É um amor com beleza

Um fruto com perfume
Um amor que nos inspira
Plantado com realeza.

-37-
Bendito Fruto
Eliene Dantas de Mirada


Bendito é o fruto do teu Ventre
Ó santa mulher que o Cristo gerou
Bendita Mãe, que seu seio, alimentou
O pedreiro, o escultor e o professor.

Bendito é o fruto do sábio,
do mestre, do poeta, do cantor.
Que ensinam, cantam paz e esperança.
Educam e fazem sonhar a criança.

Bendito é o fruto da árvore
Que fornece raiz, caule, folhas
flores e frutos, sem nada cobrar.
A todos nutrem sem reclamar.

Bendito quem criou a natureza,
A lua, as estrelas, o sol, o mar
O cantar dos pássaros para expressar
Alegria e a melancolia espantar.

Bendito amor, trabalho, família
Bendito a sagrada inspiração do poeta
Que expressa em seu delírio
As tristezas, as lamúrias e a alegria.

-38-
Frutos da Vida
Marina Martinez

“Toda semente é um anseio”
Gibran K. Gibran

Toda semente é um anseio
de vida,de crescimento,
de rasgar, sem receio
o solo e opor-se ao vento,
de explodir na subida,
buscando, airosa, garrida,
expor seu rebento, calma,
ao sol, à lua, bem lento,
orgulhosa de abrir seu peito,
rasgar suas entranhas, sem jeito
deixando, ao sair suas folhas,
escapar um grito mudo,
de quem deu a vida, deu tudo.

Qualquer nascimento
merece ser celebrado,
pois, de anseio, torna-se obra,
produto parido até num pensamento.
Frutos para alimentar o corpo.
Frutos para despertar a alma.

-39-
FRUTOS DO BEM...
Rosana Carneiro

Deus jogou a semente
E o homem a adubou
Fazendo a árvore da vida
Com bondade, transbordou...

No coração da humanidade
Quando a bondade aflora
Germina a semente do bem
Em qualquer dia ou hora

É um tal de florescer amor
Ternura, bondade e união
Que o céu entra em festa
Por causa dos homens bons

Anjos do bem estão encarnados
Em tantos corpos terrenos
E todos os frutos que semeiam
Vão nascendo e florescendo

Sentimos que esses frutos
Da eterna bondade de Deus
Estão aqui na terra
São anjos bons, amigos meus

Ah! Quem dera que assim sempre fosse
De verdade a semente jogada
Pois o homem nem se lembra
Que precisa adubá-la

Com sorriso cria-se frutos
De ternura , de amizade
Juntando nossas mãos
Para a rica caridade...

-40-
Frutos da Vida (Na boda de Trigo)!
Joyce Lima Krischke



Sim, três anos de semeadura
Juntos na Terra levando a Paz
Semente plantada pela CAPPAZ!
É trigo colhido, com cultura...

Bela paisagem que se descortina
Por entre rios, matas e mares
Palavras de amor: nossos cantares!
Embora a CAPPAZ seja menina...

Sigamos semeando a Paz e o Bem
Que a colheita será generosa...
Na estrada há espinhos e rosa!

Paciência ao colher frutos, também
Para saciar a fome de amor e Paz
Pão repartido, no brinde à CAPPAZ!

Três anos- Boda-(votum) de Trigo
Promessa de um mundo mais amigo!

Balneário Camboriú, 30 de julho de 2011- 01h52min

-41-
Os frutos da vida
Dinalva Macêdo

A vida se entrelaça nos emaranhados de desabrochares, que pincelam o amanhecer, o entardecer e o anoitecer dos dias ensolarados e de inverno que formam o arco íris do planeta Terra.

Os seres humanos, as plantas, os pássaros e animais, cada um dentro do seu habitat e do seu viver, com as suas especificidades, tece esse movimento que gera as sementes e os frutos da vida.

Nós precisamos cuidar e preservar a fauna e a flora para que possamos ter uma vida ecologicamente saudável.

Cada um poderá plantar a sua sementinha, dar a sua parcela de contribuição, nos mais diferentes papéis que exerce, quer seja no âmbito familiar, como no profissional, no cultural ou no social.

É imprescindível buscarmos um novo rumo, prepararmos o terreno, para que as sementes possam gerar frondosas árvores, com magníficos frutos de paz, amor, fraternidade, união, desenvolvimento sustentável, prosperidade, dignidade, respeito, tolerância, honestidade e sensatez.

Urge que acertamos os passos, para que possamos ter uma sociedade mais justa, solidária e feliz.

-42-
FRUTOS DA VIDA
Mário Ferreira da Silva

A doce verdade ensinada pelo Divino Mestre. Jesus.
“Conhece-se a árvore pelos seus frutos”
Leva-nos a grandes reflexões...
O Criador nos deu a vida aqui neste mundo para desenvolvermos as faculdades Divinas da nossa alma.

Que frutos a nossa árvore da vida produz?
Entre as virtudes da nossa alma
Encontramos estes frutos?

Amor.
Caridade.
Paz

Perdão
Bondade.
Esperança.
Fraternidade.
Alegria de viver.
União.
Generosidade.
E tantas outras benesses da alma?

Se dissermos... Sim!
Ouviremos o cântico sublime dos anjos.
Tratando-nos como os bens aventurados, neste mundo.

No entanto se dissermos:
_Não! Na minha vida coloquei estes frutos em segundo plano. -
Ouviremos o doce lamento dos anjos.
Falando-nos do tempo perdido.

Mas nunca é tarde.
Os maravilhosos e abençoados frutos da vida
Estão ao alcance de todos.
É só querer...
O Divino Messias nos ensina:

“Buscai, e achareis”

Texto produzido para a ciranda...
“Frutos da vida” da CAPPAZ...

-43-
OS FRUTOS DA VIDA
Carlos Reinaldo de Souza

Vida é árvore frondosa,
dá bons frutos, sim senhor,
se a pessoa for bondosa,
fazendo o bem com fervor.

Precisa ser caridosa,
praticando com louvor,
cada gesto, verso ou prosa,
impregnada de amor.

Ser capaz é um requisito
para bons frutos gerar,
seu limite é o infinito,
sua meta é agradar.

Precisa ser muito amiga
e respeitar o Senhor;
jamais conhecer intriga,
fazendo tudo com amor !

 





SELO DE PARTICIPAÇÃO

Pegue seu selo de participação na 33ª Ciranda
Mensal da CAPPAZ, clicando com o botão direito do
mouse sobre a figura e em salvar como.














|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||





Arte e Formatação Rosângela Coelho
Exclusivo para CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados