Aos Amigos e amigas "Capazzes" de expressar em prosa, em versos e em artes, seu Amor à Paz e ao Bem..... "Capazzes"de sentir Emoção... "Capazzes" de estender a Mão... "Capazes" de Sonhar... "Cappazes" de Sorrir... "Cappazes" de Chorar... "Cappazes" de Acreditar na Construção de um Mundo Feliz... "Cappazes" de Recomeçar... "Cappazes" de cantar o Sol, a Lua, as Estrelas, as Matas, os animais... "Cappazes" de dançar com o Vento e poetizar com a Chuva... "Cappazes" de praticar a compaixão... "Cappazes" de um Coração bondoso e fraterno e “Cappazes” de uma Alma sensível e compassiva... Enfim, “Cappazes” de tentarem seguir a mensagem a qual Jesus pregou e deu o exemplo, na Terra, e tendo como inspiração os Ícones da CAPPAZ...

Desejamos:

Um Natal de Luz!!

Um Natal de Paz!!

Um Natal - Verdadeiro aniversário de Jesus!

Um Natal CAPPAZ!!

É Natal!

Mais um ano termina no calendário da vida. Momentos marcados pela alegria e, outros, envoltos em tristeza. É chegada a hora de reflexão e de novos planos para o Ano Novo que se aproxima. Glória a Deus cantam anjos nos céus!

E, na Terra, nós cantamos P A Z !

Aguardamos toda a Confraria participando desta Ciranda, que é nossa grande oportunidade de expressão da arte e da poesia.


Sejam todos bem-vindos!

Porto Alegre, 02 de dezembro/2015(03h:35min).

Joyce Lima Krischke
Presidente Fundadora - CAPPAZ





01- Angelina de Borba (43 e 44)
02- Antonio Carlos de Paula (08)
03- BRita BRazil (46)
04- Carlos Reinaldo de Souza (20)
05- Daniel Brasil (03)
06- Deomídio Macêdo (09
07- Diná Fernandes de Oliveira Souza (04 e 32)
08- Edvaldo Nunes da Silva Filho (24
09- Eloísa Antunes Maciel (06)
10- Fátima Peixoto (25)
11- Fernando Alberto Salinas Couto(05
12- Francisco de M. Peixoto (22)
13- Gerusa Guedes (21 e 23)
14- Glória D'Ávila Espinoza (38 e 45)
15- Iliete Buratto (41 e 42)
16- J. J. Oliveira Go+A1:A26nçalves (01 e 30)
17- José Pereira da Silva (37)
18- Joyce Lima Krischke (26 e 40)
19- Judite Krischke Sebastiany (12 e 31
20- Leonardo André Oliveira Neto (34)
21- Leticia Rocha da Silva (19)
22- Marcelo de Oliveira Souza (02 e16)
23- Marina Martinez (10)
24- Nena Sarti (35)
25- Paola Rhoden (17)
26- Paulo Rodrigues (11)
27- Regina Kreft (39)
28- Regina Sant'Anna (33)
29- Rosana Carneiro Bado (27)
30- Roseleide Santana de Farias (13 e 36)
31- Sílvia Silva Benedetti (07 e 15)
32- Sônia Rêgo (29)
33- Vera Passos (28)
34- Virginia Maria Pereira da Rocha (14 e 18)






01.
O Natal Vem Vindo...
J.J. Oliveira Gonçalves


Ontem, Dezembro desembarcou na Gare do Fim-do-Ano. Hoje, é dia 2. Amanhã, será 3. Em seguida, 4. E, assim, de grão em grão, digo: de dia em dia, rapidinho chegaremos ao dia 25 – Dia de Natal.
Ontem, Dezembro chegou, com sua face de Verão, pintada por um belo e largo sorriso vermelho-natalino! Há um cheiro de Lembranças no ar... E as Lembranças, quando assomam, despertam Emoções adormecidas e trazem à tona – do Baú da Memória – Saudades que nos embalam os Sentimentos mais íntimos, aflorando Lágrimas e Sorrisos... Embarcamos em Cenários pretéritos e viajamos distâncias sem fim, cavalgando um Tempo que não envelhece...
Dezembro. O Natal vem vindo... Não importa se com passos apressados. Ou a passos lentos. Importa é perscrutarmos e auscultarmos nossa Alma, nosso coração, nossos Abismos... Tempo de reflexão? Nem tanto – infelizmente! Mas, deveria ser. Tempo de luzes (artificiais!) enfeitando as cidades. Antes, fosse Tempo de Luz iluminando o coração do homem. Eis que o Natal é o Tempo de a Luz Divina – em Sua Magnitude! – vencer as trevas! As trevas da ignorância e da maldade! Essa Divina Luz é a Luz do Menino. Daquele que também se chamou Jesus, Joshua, Salvador. Aquele que, em Sua Mansidão, deixou-se fazer Cordeiro para salvar os homens! “Eu Sou o Cordeiro de Deus. Aquele que tira os Pecados do Mundo.” Um dia, o Cordeiro foi imolado. Que a multidão de judeus preferiu o bandido Barrabás e abandonou o Cristo. Embora Cristo – e somente Ele! – pudesse tirar os Pecados do Mundo.
Dezembro. O mês 12. Em termos de Numerologia, somando-se 1+2: 3. A Santíssima Trindade. Pai, Filho, Espírito Santo. A Sagrada Família. Falando em números, não me dou bem com eles. Sempre tive dificuldades em matemática. É que não sou das "Exatas" – sou das "Humanas". Todavia, os números – em Numerologia – sempre exerceram um certo fascínio sobre mim e me desafiaram o Espírito... Aí, me dou muito bem com eles. Aliás, desde adolescente, o Lado Oculto, as Coisas Herméticas, as Luzes Místicas sempre piscaram – feito Estrelas – aos olhos do coração... ou da Alma! Mas, é isso... É dezembro. É Natal, daqui a pouco. É o Menino-Deus nascendo numa estrebaria – entre o calor, a inocência e a mansidão de animais. Pois, conta a História Sagrada, que foi assim que Jesus nasceu. Jesus – o Filho Unigênito. O Manso Cordeiro de Deus. Jesus: Divina Alegria dos Homens-de-Boa-Vontade!

"Minhas palavras são como as Estrelas... Jamais empalidecem!"
(Grande-Chefe Seattle)


Porto Alegre, 02 de dezembro/2015. 11h11min
jjotapoesia@gmail.com – www.cappaz.com.br



02.
O Natal da Paz
Marcelo de Oliveira Souza,IWA


Esse ano foi bastante atribulado para todos nós, tanto na esfera nacional - com essa crise econômica - quanto na esfera global, com diversas catástrofes ocorrendo no nosso planeta.
De uma hora para outra podemos não nos encontrar mais nesse mundo terreno, por diversos motivos, mas muitas vezes nos deixamos nos envolver demais com os problemas pelo qual passa a humanidade e esquecemos que a respostas muitas vezes está dentro de nós.
O mundo está cada vez mais turbulento, as pessoas estão deixando de respeitar o direito das outras, principalmente no país em que vivemos, o bem é rechaçado, um simples “bom dia!” virou sinônimo de submissão, a cordialidade está caindo no esquecimento, onde as boas atitudes estão cada vez mais caindo no ostracismo.
A nossa sociedade vive grandes dificuldades, principalmente por valorizar mais o “ter” que o “ser” e onde nos encontramos com tudo isso?
Se já percebemos todos esses problemas, já é um passo grande para tentarmos modificar primeiramente nós mesmos, o segundo passo é tentar enxergar o outro com mais respeito e tolerância, tentando se inspirar no nosso divino criador.
Todos nós sabemos que é muito difícil, pois na nossa sociedade não podemos ficar rotineiramente sorrindo e oferecendo a “outra face” contudo, temos que policiar os nossos instintos e tentarmos mudar o “nosso” mundo nem que seja com pequenos gestos, onde o bem pode estar sendo rechaçado pelo mal, mas tentemos praticar a partir desse Natal da Paz, atos mais generosos e não fiquemos centrados no nosso mundo dos presentes, tentemos lembrar de dar muita atenção aos que precisam, pois uma palavra de carinho e de conforto, ou simplesmente um ato de lembrar daquele seu amigo de longas datas, vai modificar muita coisa nos nossos corações.

Salvador-BA



03.
JESUS...
Daniel Brasil


É Natal, é Natal, é Natal...
Nasceu o Salvador
O grande Menino Jesus
Sendo Ele a Paz e o amor...

É Natal, é Natal, é Natal...
Nesta data comovida
Nasceu o menino
Sendo Ele o símbolo da vida...

É Natal, é Natal, é Natal...
Nascimento de Jesus
Depois morreu por nós
Sendo Ele a vida e a Luz...

Porto Alegre - RS



04.
Natal... Reflexão e Esperança
Diná Fernandes de Oliveira Souza


O ano foi conturbado
No mundo conflitos diversos
Que o Natal nos traga a Paz,
Nosso maior dos anseios.

Trágicos acontecimentos
Causaram aflição e amargura
Aproveitemos o momento
Para clamar a Deus por brandura.

Que todos possam refletir
Sobre a crueldade humana
Que a Paz possa ressurgir
Da mansão a choupana.

É tempo de comemorar
Com emoção e alegria
Ao menino Deus adorar
Nessa noite de magia.

Ano Novo com fé e esperança
Brilho nos olhos, amor no coração
Que cresçam nossas crianças
Cientes da força da oração.

É tempo de agradecer
Até mesmo um dissabor,
E, é tempo de receber
O Ano Novo com Amor.

Feliz Natal, Feliz 2016!
Que 2016 seja um ano pacífico
Que tenhamos muitas alegrias
Saúde, Paz e Bem Estar.

Cabedelo-PB



05.
Alegria e a Paz
Fernando Alberto Salinas Couto


Jesus nasceu em Belém,
com humildade e amor,
em clima de fé, profundo,
trazendo, a todos, o bem.
Veio até nós, o redentor,
ensinar o amor ao mundo.

Já passaram dois mil anos,
porém, desde aquela era,
com lágrimas e alegrias,
entre nós, seres humanos,
como fosse uma quimera,
só vemos a paz nas poesias.

Mas, se a poesia reproduz
tudo que há na realidade,
eu sei que o menino Jesus
veio nos trazer a felicidade.

INÉDITO
Rio Janeiro -RJ-03/12/15



06.
Natal e Ano Novo... Votos de Alegria e Paz “Sem Fronteiras”...
Eloisa Antunes Maciel


Se o Natal evoca o nascimento de Jesus, o Príncipe da Paz - que veio a Terra para inaugurar uma nova era, revendo e redimensionando o conteúdo do Velho Testamento - recebido e preconizado por Moisés – ao qual coube o mérito de unificar os antigos judeus (que libertara do jugo egípcio) em torno da ideia de um Deus Único, instaurando o monoteísmo, Jesus veio a referendar o conjunto dessas leis, ressaltando o seu valor fundamental - revivescido pela “Boa Nova” – que lhes acrescentara elementos que vieram proporcionar um “novo alento” aos adeptos da Antiga Lei... E desse alento surgira a alegria a realimentar a esperança e instaurar a paz que deveria unir (e consolidar) o monoteísmo para além das fronteiras da Judéia, ultrapassando mares e realizando a “multiplicação dos testemunhos” em diferentes dimensões do Planeta, expandindo a “língua da fraternidade” – prenunciada pela Pentecoste – que, sob um novo prisma, tendia a promover e consolidar a paz entre povos e nações, embora tenhamos de reconhecer “desvios” por conta da imperfeição humana e a re-insurgência de vícios arraigados ao longo dos séculos-mesmo por alguns ditos integrantes das próprias hostes cristãs...E a apelidadas ‘GUERRAS SANTAS, AS CRUZADAS, entre outros disparates praticados por falsos adeptos da verdadeira doutrina cristã...
Contudo, apesar desses lamentáveis desvios humanos, a Paz Universal - sem fronteiras de nenhuma natureza, tendia a superar tanto barreiras étnicas, como a de crenças esdrúxulas, raças consideradas “inferiores”, crenças ridicularizadas por ”primitivas”, entre outras barreiras à vivência da Paz, como o desprezo ou a ridicularizarão de hábitos – ou traços culturais e/ou religiosos adotados por determinados povos e nações – o que tende a permanecer arraigado em alguns estamentos populacionais de cunho dito religioso ou sectário, chegando a provocar afrontas graves, como atentados e outros atos de extrema violência que, fomentada pelo fanatismo sem limites, não apenas afrontar os genuínos princípios cristãos, por violar a paz, violentar a esperança, mas por tentar impedir que a paz e a alegria universal se estabeleçam e se mantenham para além das fronteiras do egoísmo, e se efetivem através de todas as fronteiras, tanto as de natureza material, quanto as ideológicas, religiosas, linguísticas, entre outras...
E que, uma vez assim consolidada, a Paz “fale a língua dos anjos” e estenda suas asas imateriais sobre a Humanidade como um todo, transpondo velhas barreiras e, descarte todas as fronteiras que impedem o clima de um permanente Natal de Paz... Que essa genuína Paz – reine em todos os anos e em todas as latitudes e longitudes... Entre todos os povos e nações... E para sempre- em todos os corações...

São Martinho da Serra -RS



07.
Natal e Ano Novo Alegria e Paz para o Mundo
Silvia Silva Benedetti


Mais uma vez estamos em clima de NATAL e próximos do ANO NOVO.
Paira no ar um clima de tristeza e desesperança. Tempos tumultuados toldam o sol dos nossos dias e a insegurança se faz sentir em maior frequência. O clima conturbado nos afeta, as manchetes envergonham e enojam.
Mas o NATAL está chegando e precisamos propiciar um ambiente receptivo às comemorações cristãs para que JESUS se aproxime do nosso lar. Vamos então fazer uma corrente de FÉ até o dia 25? Vejamos uma hora de mais calma em nossa casa e por alguns minutos elevemos o pensamento até Deus para uma pequena singela, mas, sincera prece.
Que nela roguemos pelos nossos familiares e amigos, roguemos pela nossa Pátria maculada e ferida com tanta bagunça, desrespeito e ingratidão.
Roguemos por todos que sofrem física e moralmente, pelos doentes e famintos de pão e de afeto. Roguemos pelo outro, pelo nosso semelhante esperando que nossa prece, Unida chegue às alturas no reinado do Pai celeste e de volta conceda a todos um NATAL e ANO NOVO DE ALEGRIA E PAZ PARA TODO O MUNDO.


Porto Alegre-RS



08.
"Natal e Ano Novo - Alegria e Paz para o Mundo"
Antonio Carlos de Paula


Impulsionados pela ação da mídia, que em razão das atuais circunstâncias do panorama econômico do país com certeza será cada vez mais intensa, os felizes consumidores, talvez embalados pela brisa do espírito natalino, vão fazer das tripas coração, enfiar a crise no saco, (não seria a viola?), fazer cara de paisagem e tentar agir como se tudo estivesse no seu devido lugar. Mas não está, e a gente sabe disso!

Ninguém do povo mora naquele país maravilhoso da propaganda política, mas não há mais quem aguente a constatação dessa dura realidade. Os escândalos e roubalheiras perpetrados em sua grande maioria por muitos daqueles que foram eleitos pelo povo, e cometeram crime de estelionato que tem como vítima o próprio eleitor, ultrapassaram a barreira do suportável.

Mas..! É Natal, tudo se repete, final de um ano que se vai, e renovadas esperanças para o ano que se aproxima, faz tempo que tudo é assim, sempre do mesmo jeito. É Natal mas nem tudo é o que aparenta ser, ou eu estarei errado? Tudo é exatamente como sempre foi, como sempre é, e como sempre será!

A mídia, de todas as formas e maneiras vai continuar a aporrinhar a nossa santa paciência, nos empurrando ilusões e produtos que não precisamos, ou não temos condições de comprar, mas compramos, afinal, é Natal, e dançamos conforme a música!

É Natal e aquele cara que desce e sobe no elevador com você todo o santo dia, durante o ano todo e não lhe diz nem ao menos, bom dia, boa tarde ou boa noite, vai pendurar um sorriso plastificado no rosto e vai lhe desejar Boas Festas!! Feliz Natal!

Na firma ou no escritório em que você trabalha, vão fazer o tal do amigo secreto ou oculto, e você pode ser obrigado a presentear uma pessoa que não lhe cheira nem fede, e a recíproca pode ser verdadeira!

Nas festas de confraternização vai ser o de sempre, depois de uma bebidinha a mais, alguém vai tirar a gravata, amarrar na testa e pensar que é o Rambo, aquele cara de meia idade vai aproveitar o espirito etílico natalino.

Mas..., é Natal!! O chefe vai contar uma piadinha que todo mundo já conhece, e todo mundo vai rir, afinal é Natal e ninguém é besta de deixar o chefe triste, ou de dizer que as suas piadas são velhas e sem graça.

Na tal, (viu deu Natal de novo!) festinha todo mundo vai comer e beber mais do que devia, fazer papelão no karaokê e ninguém vai ligar, afinal você já sabe é Natal! Quando um barbado bêbado feito um gambá começar a chorar feito criança e a dizer pro cara do lado "você é um irmão pra mim", e a turma toda começar a cantar Saudosa Maloca e Trem das Onze, aí é hora de puxar o carro.

Mas o mundo não vai mudar em um passe de magica! Os pedintes vão continuar a invadir os faróis das avenidas, pedir uma ajuda, e você, é claro, vai exercitar o espirito natalino, pegar as moedinhas que estão no cinzeiro do carro fazendo um barulho danado, e vai entregar contente, deixando a consciência tranquila por ter praticado a caridade.

Mas é Natal, e pode também acontecer que no trânsito engarrafado você seja obrigado a entregar a sua bolsa, sua carteira, seu celular, para um cara que acabou de sair da Casa de Pedra, agraciado com o Indulto de Natal, e vai lhe convencer apontado uma automática pra sua cabeça.

Mas é Natal, uma data muito importante e você vai pagar os tubos pelos panetones, perus, chester, que existem o ano inteiro e você nem liga, mas...agora é Natal! Vai tomar champanhe, cerveja, caipirinha ou sidra, e no dia seguinte vai acordar com um gosto de cabo de guarda chuva na boca, e estar com uma ressaca louca, mas vai valer a pena, pois você terá comemorado algo muito importante.

Em que pese algumas impolutas figuras antes intocáveis haverem trocado o rolex por um par de algemas, e com certeza vão esperar Papai Noel entrar pela chaminé da Papuda, a justiça ainda continua célere como uma tartaruga perneta, e os crimes ambientais vão continuar sem punição.

O Estado Islâmico vai continuar a esparramar o terror pelo mundo, pois não devem acreditar em Papai Noel! Mas mesmo assim cada um de nós, do seu jeito e maneira vai torcer, pedir, rezar, implorar por um mundo mais justo e desejar do fundo do peito: "NATAL E ANO NOVO- ALEGRIA E PAZ PARA O MUNDO" , que a razão supere as divergências, que um hino de paz silencie os canhões, e principalmente, que ninguém se esqueça de demonstrar sua gratidão ao aniversariante.


São Paulo/SP



09.
Natal e Ano Novo – “Alegria e Paz no Mundo"
Deomídio Macêdo


Bate o sino de Natal
ecoando sem parar
no Fluido Cósmico Universal
além mar.

Bate sim, sino de Natal
além do mar
em todas as direções
ecoando sem parar.

Para o sorriso aparecer,
o amor se manifestar
em nossos corações.
Bate sim, sino feliz
porque é Natal, é Natal!
Ano novo a chegar!

Salvador-BA



10.
Mudar ou Mudar
Marina Martinez


Natal e final de ano mais uma vez. Reclamação? De jeito algum: venham muitos e muitos mais! Apenas quero mudar alguns anseios, para essas datas, em especial aqueles que fogem da minha alçada. Tenho pedido Paz mundial, respeito entre os homens, saúde e luz para todos, fraternidade, igualdade e outros ‘ades’. Arremesso esses pedidos para o Cosmo –a essa altura, congestionado- e fico contemplando um infinito imaginário onde tudo isso existe. A partir de agora, criarei outras utopias – sem Paz mundial, respeito entre os homens (incluindo aqueles de boa vontade), saúde, luz, fraternidade, igualdade ou liberdade, sem desejos distribuídos no Cosmo, sem Papai Noel, Coelhinho da Páscoa ou duendes. Desejarei, apenas, que cada indivíduo, inclusive (ou especialmente) eu, possa colher aquilo que planejou/plantou/mereceu/realizou, seja de bom ou de mau – conforme sua consciência; o respeito individual acate o conceito alheio; a bondade seja espontânea, os credos, reverenciados, o materialismo seja mais comedido, a ganância deixe de ser ‘natural’, a honestidade não caia no deboche.

“Aquele que faz tudo sempre igual, obtém sempre os mesmos resultados.” Esta frase resume meus desejos para os próximos 365 dias: mudar pensamentos, atitudes, objetivos. A partir do próprio indivíduo.
Mas, por hora, ainda desejarei FELIZ NATAL, SAÚDE, LUZ E PAZ PARA O ANO VINDOURO.

Ah, ia esquecendo: escondido num cantinho desta antiga alma existe um pequeno cofre, nunca chaveado, no qual guardo Papai Noel, Coelhinho da Páscoa, mágicos, fadas e duendes. Por quê? Para lembrar de que não acredito neles!


Dez/2015 - Porto-Alegre-RS



11.
Natal no País do Café
Paulo Rodrigues


Hoje é natal no país do café!
Sem neve cobrindo ruas e telhados
comemoramos o nascimento do crucificado
sem regozijo nos lares.

Hoje é natal no país dos meninos MMDC!
Com o sol brilhando no céu
reunimos nossos familiares e amigos...
Cristãos unidos pela fé!

Hoje é natal no país do Estado Novo!
Com tanta desigualdade social e dor
temos alegres sorrisos na face
e comemoramos o nascimento do “Menino Amor”.

Hoje é natal no país dos Anos Dourados!
Sem esperança no presidente eleito,
ainda, sonhamos com um país mais justo
para os filhos desse gigante peito.

Hoje é natal no país da censura!
Muitos ignoram a beleza do Natal
com apenas presentes e mesas fartas
e se perdem já pensando na fantasia do carnaval.

Hoje é natal no país dos descamisados!
Hoje é natal no país do Plano sem Real!
Hoje é natal no país da Esperança decepcionando no Poder!
Hoje é natal no país do Futebol Pentacampeão sem arroz e feijão.

Sorocaba/SP



12.
Poema Nata!? Aonde?
Judite Krischke Sebastiany


Há Natal onde há saúde espiritual:
Olhar amoroso,
Palavras ternas, atitudes fraternas.
Se houver um único justo na cidade.
Se houver um coração - manjedoura,
O amor irá se instalar e brilhar mesmo nas trevas.

Em condições adversas é preciso muita Fé
Para se manter em pé.
Então Deus vem e traz alegria, esperança, paz.

Dezembro 2015-Sobradinho - RS



13.
Um bom Natal
Roseleide Santana de Farias


Um bom Natal é ter alma e coração
Assimilando as bênçãos do Senhor.
Glorificando, agradecendo, rogando,
As maravilhas de Deus, O Salvador.

Nestes momentos nós precisamos,
Muito mais bálsamos de amor doar.
Lembrar-se das crianças carentes,
Velhinhos, parentes, poder abraçar.

Cabedelo - PB



14.
Natal de Paz, de Amor e de Luz
Virginia Maria Pereira da Rocha


Que neste Natal possamos pensar e refletir a cerca de toda a nossa existência
Os dias do ano vividos com suas glorias e alegrias
Novas amizades, aprendizagens.
Sem preocupação com o tempo ou a idade.
O que vale é a continuidade de estarmos sempre criando e nos reinventando a cada novo dia de nossas vidas.

Balneário Camboriú - SC



15.
Natal é...
Silvia Benedetti


É Natal tangem os sinos
Há festas e muita luz
Os anjos entoam hinos
De parabéns à JESUS.

Natal é festa de luz
Um marco da cristandade
No sacrifício da Cruz

A estrela no céu brilhando
Anunciou que nasceu
Quem o bem viveu pregando
E Quem por nós padeceu.

Porto Alegre - RS



16.
Natal / Nascimento
Marcelo Oliveira de Souza


O Natal é Nascimento
Jesus Cristo
Em seu grande poder
Estende sua mão
E festeja com todos
esse momento!

Natal sem solidão
Quem tem Deus no coração
Nunca conhece a solidão
essa criatura tenebrosa
Não existe, só existe comemoração.

É aquele que Deus quis
Um sorriso de carinho
Um abraço de mansinho
E todos abraçados
Renovando a nossa fé
Na Humanidade

Salvador – BA



17.
O Natal
Paola Rhoden


Andando pela rua prestei atenção nas coisas que via e ouvia. Geralmente ando sem ver nem ouvir. No ar, por todo lugar que passava, lindas músicas natalinas ecoavam sem parar. Pessoas sorrindo, outras com semblante muito carregado. Coisas da vida de cada um. Alguns se sentem felizes, outros não.

Em uma esquina estava um jovem sem as duas pernas, erguia os braços para os carros que passavam e gritava: ‘podi joga que eu pego'. Ele se referia a moedas.

Em um semáforo uma menina de uns seis anos oferecia: ‘Deiz balinha por um real.' Algumas pessoas compravam.

Na praça em frente a um grande centro comercial, um senhor muito idoso, cego, tocava, em um acordeão muito velho, uma melodia triste e antiga. À sua frente uma caixinha de sapatos recolhia uns trocados jogados pelos passantes.

Em frente a uma Catedral, em suas escadarias, um grupo de jovens drogados discutia por algum motivo, e um deles deu um tiro no companheiro que caiu morto. Ninguém parou para ajudar. As pessoas têm medo.

No portão de uma escola, enquanto as crianças saiam correndo em algazarra, dois garotos maiores oferecem drogas àqueles que parecem poder comprar.
Dei um longo suspiro. Olhei para o céu azul, onde pequenas nuvens de algodão não se importavam com as coisas que se passavam por aqui.

Pensei:
O Natal está próximo. Comemora-se o Aniversário do Ser que há mais de dois mil anos veio para dizer ao mundo do Amor que ele sentia por nós. Mostrou com seu sofrimento o que Deus pode fazer para que amemos uns aos outros. Poderíamos nos esforçar mais para ver a felicidade brilhar no olho de nosso próximo, que é onde verdadeiramente está a imagem de Jesus. Pois cada vez que alguém chora, que alguém é discriminado, que alguém sofre uma agressão, é a Ele que se faz. Se um ser humano é esbofeteado, se uma criança é violentada em suas diferentes formas, se um idoso é maltratado, se um jovem é convidado para as drogas, é a Ele que se faz.

Qualquer agressão ao semelhante, é agredir a Deus.
Jesus está no sorriso, no choro, na alegria, na tristeza, na vida e na morte do ser humano.
Jesus ainda está aqui! E é isto que é o Natal.


Brasília - DF



18.
Natal para Todos
Virgínia Maria Pereira Rocha


Pessoas de todas as idades
Cada um com a sua vontade
Desejos, lembranças e esperanças.
Alegrias, magias, sonhando
em voltar a ser criança.
Pensar no Papai Noel o bom velhinho
O presépio com Maria, José, Jesus
e os bichinhos.
Os símbolos natalinos bem coloridos
As lindas melodias e cantigas natalinas.
Vamos sonhar com essa alegria
de uma linda noite repleta de magia.

Balneário Camboriú – SC



19.
Natal e Ano Novo
Letícia Rocha da Silva


Que tal o Natal!
Com muito louvor, fraternidade e amor;
Natal de luz, que a todos nos conduz ao mestre Jesus;
Jesus de Nazaré, que nos ampara, nos consola e nos dá fé.

Natal! Quanta beleza! Quanto esplendor!
Feliz Natal! Festa que promove o amor;
Que nos traz harmonia.
Quando ouvimos sua melodia.

Com a chegada do Ano Novo;
Vê-se uma nova aurora.
A humanidade resplandecente.
Em busca de uma vitória.

A criatura humana sempre pensa em vencer;
Buscando soluções para o bem viver;
O ano novo chegou;
Todo repleto de luz;
Trazendo-nos esperança;
Com a força de Jesus.

Guanambi - BA



20.
Natal e Ano Novo
Carlos Reinaldo de Souza


Como falar, irmãos, Feliz Natal,
se o mundo indiferente não escuta?
A humanidade tem surdez total,
a Paz e o Bem o homem não executa.

Um Feliz Ano Novo é o ideal
de cada ser, na sua árdua luta.
Este é o desejo sobrenatural,
que é esperado, pós tanta labuta.

Porém, o homem, já sem esperança,
segue cansado, sem grande ilusão,
na eterna busca da feliz bonança.

Ao homem resta, como eterna Luz,
rever a Paz e o Bem em profusão,
que emanam desta fonte que é Jesus!

Conselhero Lafayette-MG



21.
Menino Deus
Gerusa Guedes


Como eu te amo pois
Tu ouves os rogos meus,
Abençoa o universo e povo teu.

Livre-o do mal,
não importa que seja um cristão
um budista ou um ateu.

Cuida senhor
desse povo que te pertence
por criação,
não importa esteja ele,
em qualquer nação..

Cabedelo – PB



22.
Natal de Luz- Feliz Ano Novo
Francisco de M. Peixoto


Todos os dias, temos várias provas
Da existência do nosso Ser Superior
Seja através dos animais, da chuva que cai,
Ou da luz do sol, com a força do seu calor

Das ondas do mar, do vento, dos vegetais
Com suas belas flores em nossos jardins.
Igual à manjedoura que traz Jesus para nós mortais
Nos presenteando com sua vida e seu amor sem fim

Que essa essência desta chama divina
Esteja ao alcance de todos, na noite de Natal
E vague pelo espaço com o frescor de uma suave neblina
Para que tenhamos uma vida plena de amor e paz, afinal.

Que esses dias sejam transformados em sementes que germinará em abundancia, para que possamos encontrar o amor a felicidade e a paz para o mundo.

Feliz Natal!

Feliz Ano Novo!!

Cabedelo – PB



23.
Natal, Paz e Alegria
Gerusa Guedes


Chegou Natal nossa alma contagia,
Sentimos grande emoção,
uma doce paz e uma grande alegria.

O mundo se enfeita
para comemorar
o nascimento do Menino Deus
e os nosso corações
agradecem ao Papai do céu..

Paz na terra nasceu Jesus ,
o recebamos com alegria,
festejemos esse lindo dia.

DESEJO AO MUNDO, PAZ, AMOR E HARMONIA!

Cabedelo - PB



24.
ALEGRIA E PAZ PARA O MUNDO
Edvaldo Nunes da Silva Filho


Caminhar com Deus, seguir Deus,
É “amai-vos uns aos outros como vos amei”.
Constrói-se então
Um cenário de alegria e paz,
Protagonizam-se enfim
Atos de amor
E, assim, renascem esperanças,
Com toda sua misericórdia,
Para um mundo que clama sabedoria.

Caminhar com Deus, seguir Deus,
É desbravar a sinuosidade do perdão
Já que “atirai a primeira pedra”
Aquele que se sinta absolutamente puro
E não permita a volta da luz
Dos que ainda buscam uma chance.

Caminhar com Deus, seguir Deus,
É “dai a Cezar o que é de Cezar”
Por tempos que se seguem
E comprometer-se com o justo
Na medida exata
Do que cabe na Terra
E com olhos para o universo.

João Pessoa - PB



25.
Vamos brindar o Ano Novo
Fátima Peixoto

Chegou mais um Natal
Época de agradecimento
Pelo ano vivido.
Um ano novo se aproxima,
A esperança de dias melhores se renova,
Vamos confiar que teremos um ano mais solidário,
Mais humanizado.

Vamos nos alimentar de pensamentos positivos, alegria, paz...
Para os desafios que nos surpreendem na caminhada da vida,
Não nos deixe desmoronar.
Desejo para o próximo Ano Novo:
Que o bem se multiplique,
Que o amor seja contagiante,
Que o respeito una todos,
Que a alegria permaneça nos corações.
Que a fé prevaleça,
Que a poesia sensibilize.
Que o sonho se realize
Vamos brindar todas as vitórias, todas as oportunidades, todos os desafios...

Feliz Natal!

Feliz 2016

Cabedelo -PB



26.
Oh, Noite Feliz!
Joyce Lima Krischke


É noite... Noite Feliz!
Estrelas brilham no céu de minh’alma.
Anunciam um novo alvorecer em Paz.
Estrelas vieram silentes e sem rimas,
Envoltas em etéreas nuvens de algodão.
Lirismo do momento indescritível!
Anjos tocam instrumentos... Sons suaves,
Com seus alegres cantares, trazem boas novas,
Anunciando o nascimento de mais um menino.
Quem será a Mãe do menino?
Que nome dará a Ele?
Minh’alma rejubila...
Ajoelho-me em reverência ao momento.
O mundo já cansado regozija.
O mundo todo é emoção!
Oh, Noite Feliz! Noite Divina!
Jesus, Filho de Maria, nasceu!
A Terra toda festeja o Menino Jesus!
Aurora! Novo amanhecer glorioso.
É dia do nascimento de Jesus.
Ouvem-se sinos repicando em meio
Aos cantares celestiais dos anjos.
E o céu de minh’alma é iluminado pelo sol.
Jesus Cristo seja bem-vindo à Terra!

Balneário Camboriú/SC, 13 de dezembro de 2015- 18h25min



27.
O NATAL DA MINHA INFÂNCIA
Rosana Carneiro Bado


Relembrando momentos bons
Que percorrem a singela memória
Surgem imortais sentimentos
Revivendo minha história

Eram natais felizes
Cheios de entusiasmos e expectativas
Encontros com parentes, abraços, presentes
Comidas, sorrisos e cantorias

Era um sonho lindo voltar
Carregar as malas e relembrar
Encontrar os entes queridos
E amigos reencontrar

Entendo, nesta idade
Quanta coisa na infância
Foi bom ter uma família
Foi lindo ser criança

Todos reunidos à mesa
Vinho, manjar branco e caçulinha
Fazia parte todo ano
Muito linda a família minha

Agora relembro, e sinto falta
Do natal daquela época
Porque nele, eu era
Apenas uma moleca

Agora tudo diferente
Muita gente não está mais
Mas creio que nos veremos
No natal do juízo final.

Assim sendo, desejo a você
E à familiares seus
Que seu Natal seja infantil
Como os sonhos de Deus...

São Paulo – SP



28.
Meu Natal
Vera Passos


Semeei sorrisos no canteiro
Adubei paredes do coração
Ofertei abraços o ano inteiro
Hoje colho meu condão

Sigo aves no vôo ligeiro
Espalhando sementes de emoção
Nessa viagem sou apenas passageiro

No espaço bolinhas de sabão
Volitam de janeiro a janeiro
Levam brilho a todo irmão

Meu presente de Natal
Tem sabor de comunhão
Segue o lema de Jesus
Semeando a união

Salvador- BA



29.
É NATAL
Sônia Rêgo


Os sinos repicam sem parar,
anunciando a chegada do Natal.
Jesus veio preparar
seus filhos, somente
para amar incondicionalmente.

Vamos tentar aprender...
Não sou eu e nem você.
Somos nós todos a desejar
que a paz e o amor venha habitar
nossos corações.

Que assim seja...sempre...

Rio-RJ - 15/12/15



30.
Meu Sonho de Natal!
J.J. Oliveira Gonçalves


Meu Sonho de Natal envelheceu
A Lua o debruou de Fantasia...
Virou conto-de-fada... Poesia
Da cor do meu cabelo... Encaneceu!

Meu Sonho de Natal tem esta idade:
A mesma que carrego – a da Invernia!
Lembrança dos Natais – da euforia...
Papai Noel, de ti, quanta Saudade!
Felicidade, em mim, virou Lembrança
E ao lembrar, de então, eis-me criança:
Alegre a esperar Papai Noel!

Meu chinelinho eu vejo – na janela
Na Noite de Jesus – silente e bela...
E o meu pedido escrito num papel!

Natal – Sonho Inocente – que Ilusão
Tão vivo em meu menino-coração!
Porto Alegre, dezembro/2015



31.
COM AMOR CONSTRUÍMOS PAZ E FRATERNIDADE
Judite Krischke Sebastiany


Convivendo aprenderemos
A considerar o que lemos
A distinguir o que ouvimos
A decidir o que somos.

Somos amigos e irmãos
Reconhecemos nossa filiação
Vivemos a Fraternidade
Construindo laços para a Eternidade.

Iguais em dignidade
Diferentes na personalidade
Iguais em necessidades:
Natureza,
Amor,
Paz,
Fraternidade.

NATAL E ANO NOVO - ALEGRIA E PAZ PARA OM MUNDO!

Porto Alegre - RS



32.
Natal - Cadeia_de_Mindins
dinapoetisadapaz


Natal,
Amor
E Paz.

Mesa
Pronta,
Luxo.

Entre
Luzes
E Cores,

Para
Alguns,
Brilho.

Para
Outros,
Cinzas,

Mesa
Vazia,
Fome.

E Que
Tais
Mudar?

Olhar
Para
O Lado,

Doar
Sequer
U'beijo?

Vamos
Abir
O Elo

E Fechar
Com
Laços

D’ Amor,
Selar
A Paz.

Cabedelo - PB



33.
Mensagem de Fim de Ano Para a CAPPAZ
Regina Sant’Anna


Que o ano de 2016 seja mais leve
do que este e venha com força
no que se refere à saúde
e a resolução de tantos problemas
que o nosso país enfrenta,
no mais é desejar paz
e felicidades para todos,
com muito amor no coração.

Rio Janeiro – RJ



34.
Ano novo de Paz
Leonardo André Oliveira Neto


Mais um ano se passou
outro está para chegar
outras metas, novos planos
vêm pairando pelo ar.

As famílias reunidas
comemoram o Natal
querem Paz em suas vidas
e o amor que é sem igual.

Tocam sinos nas capelas
brilham luzes multicor
anunciando, assim tão belas,
que a festa é do amor.

Todos juntos, de mãos dadas,
o Ano Novo vai nascer
um futuro todo novo,
Paz na Terra há de vencer.

São Paulo – SP



35.
Realidade Natalina
Nena Sarti


Não importa as luzes em pinheiros se a sua luz não reflete amor,
De que adianta a mesa farta se a sua alma está vazia?
Natal é a esperança de que Jesus ressuscitado venha nos visitar,
Apesar de nossos pecados contra os outros e a nós mesmos.
O pecado do não ver a necessidade do outro,
De não entender que é você que deve purificar-se para
Aí sim, Natalizar-se e sair cantando "Din Gon Bel"!
A Paz no mundo somente será concretizada,
Quando você entender o que realmente é NATAL,
Ao receber do dono da festa!!!
Natal não é luzes, bolas coloridas e comida farta.
NATAL é a consciência plena que você estará brilhando
de amor para entregar ao próximo como Ele nos ensinou!!!

Campo Grande - M S



36.
Uma mensagem de Natal
Roseleide Santana de Farias

Natal, que se aproxima
Nos trazendo emoções antigas
Paz e Amor entre amigos,
Laços em família, risos, alegrias.

Cantigas, canções e sinos
Nos corações a tocar,
Lembrando as nossas mamães,
Berços, suaves canções de ninar.

Ai como dói a dor das saudades
De quem ao nosso lado já não está.
Tanta gente amada se foi pelo caminho,
O rio da vida levou, onde estará!?

Que o nosso Deus nos guarde
Para no próximo ano podermos estar
Sempre cheios de Esperança, Alegrias,
Em nosso Planeta, o Brasil, o nosso lar.

Cabedelo - PB



37.
Natal, Ano Novo, Alegria e Paz para o mundo
José Pereira da Silva

No despertar de um novo dia,
Ao nascer de uma bela flor,
Na geração de uma criança,
Vem á alegria, paz e amor.

No Natal a esperança,
Em cada ano eu senti nascer,
O primogênito filho de Maria
E a Salvação a nos trazer.

Na família a gratidão
Pelo presente das presenças.
Um ano novo com fé e saúde
Sem preconceitos e diferenças.

Fazer pela vida o bem,
Trazer para a vida a paz,
Viver no amor de Deus,
São votos à SCEP e à CAPPAZ.

Cabedelo -PB



38.
Muy Felices Fiestas!
Glória Dávila Espinoza






39.
O que é o Natal
Regina Kreft

É olhar para o teu coração e compartilhar
Com o teu irmão, a chama da fraternidade!
Acender a luz do amor, em gestos de bondade!
A todos abraçar na alegria e na tristeza, partilhar!

Sentimento de amor que a todos contagia
Fortalece as amizades, dá força ao desprotegido
Deus quando criou o mundo trouxe seu filho regido
Pelo sentimento de salvação do homem nesta galáxia!

Natal! Confraternização entre os homens
Abastados, os pobres, os aflitos, desesperados.
Esta estrela, Jesus fez brilhar nos corações desamparados!

É o abraço, é a palavra trocada com emoção!
Noite mágica, aonde as estrelas cintilam sentimentos!
Perpassando cada coração repleto de acalantos!

(Inédito)
Joinville - SC


40.
Então é Natal e Ano Novo!
Joyce Lima Krischke


Então é Natal, momento de Amor e Paz
Então é Ano Novo, também... Novos projetos,
Novas esperanças... Novos caminhos,
Novos desafios na caminhada
Rumo às realizações da Cultura de Paz
Recriando o Novo Pensar...
Rumo à divulgação e vivência
Da Cultura de Paz e Bem
Seremos Novos no Agir...
Plantando um mundo de Esperanças
Alicerçados na Fé, espalhando Amor...
Apoiando nossas mãos- umas sobre outras
Continuaremos o plantio da Arvore da Paz,
Da Fraternidade, da Solidariedade...
Da Justiça e do Respeito à dignidade humana.

É chegado o momento de somarmos
Ações cappazes na construção
Do céu do Amor e da Paz em cada coração.
Prossigamos...
Ao encontro do Natal - 2015
E do Ano Novo – 2016.

Então é Natal e Ano Novo!
Natal e Ano Novo sorriem ao nosso encontro!

Balneário Camboriú/SC, 13 de dezembro de 2015.



41.
Esperando Papai Notel
Fotografia Iliete Buratto






42.
Árvore Poética CAPPAZ
Esperando o Natal com Música e Poesia(1)
Fotografia- Iliete Buratto






43.
- Video Momento- Natal com Música e Poesia- Sesc/CAPPAZ
Angelina de Borba


https://www.facebook.com/angelina.deborba/videos/923360391077611/?theater



44.
Esperando o Natal com Arte e Poesia
Abertura do Evento
Fotografia Angelina de Borba






45.
Mensagem de Natal
Glória D'Ávila






46.
Mensagem de Natal
BRitaBRazil

A crise econômica é AMIGA da Ecololga...
O NATAL é a festa de maior dano ambiental mundial.
O que se compra de coisas desnecessarias. se fazendo de CRISTO,
esquecendo q o aniversário não é de todos e sim dele.
Come-se demais, embrulha-se demais, compra-se demais,
enfim é um show de anti- ecologia. Este hábito tem que parar,
e fazer do NATAL uma festa massiva de apenas encontro da família,
sem presentes, e principalmente de ajudar a quem precisa mesmo,
os menos favorecidos nesta roda econômica, dando o que for necessário
às causas necessárias. Então a mensagem será fiel ao aniversariante.







Estamos encerrando mais uma Ciranda Mensal CAPPAZ com muita alegria em nossos corações.
Queremos agradecer a todos os poetas e poetisas CAPPAZES, que participaram da 82ª Ciranda Mensal, e dizer que mesmo estando distantes fisicamente, estivemos juntos, entrelaçados através das poesias de diversos estilos; unidos pelo canal da Confraria Artistas e Poetas pela Paz, que tem como missão, unir estes homens e mulheres, formando com essa união, um exército, que busca propiciar a Paz e a Harmonia no mundo em que vivemos.
E a poesia, é a arma que temos em mãos, para alavancar estes propósitos de amor.
A CAPPAZ agradece sim, aos seus membros, pela participação em todas as Cirandas, realizadas no ano de 2015, fechando com chave de ouro o trabalho realizado pela Confraria.

Deomídio Macedo
Confrade Honorário CAPPAZ
Salvador/BA
















|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||


 

Arte Joyce Lima Krischke
Formatação Rosângela Coelho
Exclusivo para CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados