CAPPAZ - Confraria Artistas e poetas pela Paz




Editorial/01-2015
Helena
Autoria: Odilon Machado de Lourenço




Aquele gole em seus olhos
Era vinho?
Era mar?
Era louca imensidão?
Era a Grécia navegando delírios de Agamenon?
Ou talvez em parte apenas a raiva de Menelau
O mar cresceu de navios
Era a Grécia navegando
Esparta em fúria no mar!
Quem sabe Páris soubesse que ninguém a tocaria?
Quem sabe Heitor não morresse de frente aos olhos do pai?
Talvez cavalo não fosse bom presente para deuses
Nem muralhas fossem céu
Quem sabe Aquiles perdoasse o sangue na sua espada e Príamo não chorasse?
Mas Aquiles não perdoa e Tróia cai
Era Tróia uma cidade erguida à beira do Egeu
Tão queimada, tão ruína, tão saqueada de seus nadas, ali à beira do Egeu.


















Formatação e layout por Rosângela Coelho