Projeto Palavras de Paz

Casa da Criança do Brasil

Balneário Camboriú/SC

26/08/2009








TEXTO BASE TRABALHADO
Autoria J.J.Oliveira Gonçalves
-OFICINA DE CRIAÇÃO LITERÁRIA-
CONTAÇÃO DE HISTÓRIA,

POESIA E EXPRESÃO

CASA DA CRIANÇA DO BRASIL
Balneário Camboriú/SC



Sabiá do Mato...
J.J. Oliveira Gonçalves

Sou sabiá do mato e aqui eu canto
Escondidinho... (O coração na mão!)
Quanto maninho meu por belo o canto
Ganhou (pra sempre!) as grades da prisão!

Ah, o Criador aos pássaros nos deu
Asinhas pra brincar entre os Alvores!
E Sábio que Ele é não se esqueceu
De as plumas nos tingir das tantas cores!

O homem - que quis Deus fosse o patrono
Da Criação - não a deixando ao abandono
Da Inocência nossa fez-se algoz!

Coroou-se rei... E de seu pseudo-trono
Desalmado, arrogante e igual feroz
É diuturna ameaça a todos nós!

Por isso, pela mata a Alma escondida
Louvando ao Criador Celebro a Vida!
Porto Alegre, 25 de agosto/2009. 16h29min



Joyce e as crianças.



Leonardo escrevendo o texto que fala no clipe.
Clique aqui para ver o clipe na voz do pequeno Leonardo,
lendo a sua construção poética.
(observe o gesto quando ele pronuncia a palavra CAPPAZ)



Joyce com as crianças do projeto.



Três meninas participantes do Projeto posam
junto ao baner CAPPAZ



Árvore da Paz
Criação Fernando Araújo
menino da comunidade
integrante do projeto.





Palavra do dia.










|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||

Arte e Formatação Rosângela Coelho
Exclusivo para CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados

Esta página é melhor visualizada pelo Internet Explorer
com resolução 1600x900.