CIRANDA CAPPAZ - REGIONAL/SP

DIA INTERNACIONAL DA MULHER

8 de Março de 2009

Mulher, esse ser de presença marcante diariamente nas portas das escolas, nas feiras livres, nos corredores de supermercados, malhando nas academias, atuando nas mais diversas áreas profissionais e obviamente nos lares, muitas vezes acumulando funções de dona de casa, mãe e esposa. Aquela que se posiciona ao lado do companheiro, motivando-o a crescer profissionalmente, oferecendo-lhe condições para que isso aconteça.

Ela não se esquece, porém, de preparar uma receitinha nova para a família, de fazer um agrado aos filhos, de experimentar uma nova cor nos cabelos, de cuidar das unhas e da beleza em geral. Se o contrário fosse, não seria ela, A MULHER.

E é a ela que enviamos aqui um presente diferente: cada CAPPAZ da Regional São Paulo/SP deu a contribuição para conseguirmos manifestar o nosso carinho às mulheres no seu dia. A eles fica o meu agradecimento pela colaboração.

Às nossas Confreiras CAPPAZes e às mulheres que fazem parte da vida de nossos Confrades, desejamos um Feliz Dia da Mulher.

Aparecida de Lourdes Micossi Perez
CAPPAZ- Presidente Regional São Paulo


RELAÇÃO DE PARTICIPANTES

Aparecida de Lourde Micossi Perez

Humberto Rodrigues Neto

Kedma O’liver

Marli Feliciano Tamani

Sidney Santos

 




TEXTOS

MULHER
Humberto Rodrigues Neto

Eu creio, isento de engano,
me orgulho, vibro, me ufano
e aposto com quem quiser
que toda data é importante,
mas delas a mais galante,
a mais linda e mais marcante
é mesmo o “Dia da Mulher”!

Mãe, irmã, esposa e amante,
quem não se curva diante
da sua meiguice e candor?
Sendo tudo ao ser um nada,
ela é um misto de anjo e fada,
fusão de noite e alvorada,
mescla de estrela e de flor!

Cabelos vestindo os ombros,
flor a se abrir entre escombros,
lábios rindo em rosicler...
Tudo nelas é formoso,
o seu sorriso é charmoso,
e até Deus anda orgulhoso
de ter criado a Mulher!

Sorvetão
Kedma O'liver

1 lata de leite moça
4 gemas
1 lata de leite
4 claras em neve
8 colheres de açúcar
1 lata de creme de leite (sem soro)

*Misturar o leite moça, as gemas, o leite e levar ao fogo para ferver. Mexer sempre e deixar esfriar.
*Bater as claras em neve com as 8 colheres de açúcar e misturar o creme de leite (sem soro).
*Junte os dois cremes, misturando bem devagar, e coloque sobre esta mistura as 2 caldas já devidamente congeladas.
Calda 1 – caramelize açúcar no fundo de uma fôrma, sem sujar as bordas, e congele.
Calda 2 – misture 4 colheres de Nescau e 2 colheres de água, coloque por cima do caramelho congelado e leve para congelar de novo.
*Quando congelar, coloque os cremes por cima e leve ao freezer.
*Para descongelar, leve a fôrma ao fogo e passe uma faca dos lados.
*Despeje em prato de pudim e corte em fatias.
*Guardar no congelador.


MULHER
Kedma O’liver

Sempre batalhadora
Lutando pra ser vencedora
Junto à sociedade
Freqüenta escolas
Academia e bares
Cuida dos filhos
Zela pelos lares
Ainda tem tempo
De o seu amor cuidar
Arruma-se e se enfeita
Para namorar
Assim é a vida
Um corre-corre total
Mas que faz da mulher
Um ser sensacional.

MULHER...SOBERANA
Marly Feliciano Tamani

A mulher vive e viverá eternamente,
ela não morre, passa da luz para a sombra, sem mutações.
Mulher...rainha solitária, de um reino universal.
No centro do seu universo, jamais desejou rasgar
uma fresta de seus sentimentos íntimos.
Quantas vezes as lágrimas desceram por seu rosto sofrido,
sem refletir os aspectos interiores, de sua vida?
À mulher torna-se imprescindível sorrir!
À mulher se faz louvar seu legado de ser mulher;
tornar-se presença necessária e cristalina através da sua felicidade fugidia.
A mulher vive e viverá sempre dentro de cada um de nós, ela nos procriou!
Vive dentro dela própria, que soube implantar na terra
a soberania do amor e da concórdia,
demolindo barreiras, irmanando todas as raças,
para fazer de cada criança, um homem feliz!
Ser mulher é possuir todas as riquezas.
Em suas mãos está a luz que gira o mundo,
que gera a vida!
és rica e és nobre, mulher!
és mulher e és nobre!
és sublime porque és mulher!
não te desesperes mulher,
tuas lágrimas são como a chuva bendita
a regar o canteiro das vidas que criaste.
és mulher...és santa!
Viverás eternamente,
mulher...és soberana!


Homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

ALMA
Sidney Santos

Quem poeta me fez
Tem nos lábios o sorriso
Possui brilho na tez
São seus cabelos lisos

Faz da tristeza alegria
Do feio beleza
Do intrincado a magia
Do inerte a natureza

Do pecado a inocência
Da escassez a fartura
Do castigo clemência
Do desconforto ternura

Faz do lance ação
Do silêncio melodia
Dos sonhos emoção
Uma estrela de dia

Tino para um viver
Mulher, só poderia!
Maravilha de ser
Seu nome, Poesia!

MULHER
Cida Micossi

Que ser é esse
Que Deus colocou na Terra
Para garantir a continuidade
da espécie humana?
Ser que ao colo aconchega o filho
Fazendo desaparecer assim
O choro, a dor, a carência afetiva?
Que ser é esse
Que se dispõe a cuidar da casa
Depois da luta, da labuta
No trabalho nem sempre satisfatório,
Talvez por um salário irrisório?
Esse ser que, qual águia ou leão
Defende com muita garra,
Suas crias - com determinação?
Ser que ora chora ora sorri
E no fim do dia ainda está ali
A cuidar do lar e dos filhos,
Que em companhia do parceiro abre seu coração
Em seus momentos de mais doação.
Que ser é esse
Que tem seus lances de vaidade
Sem deixar de lado a responsabilidade?
Esse ser especial
Ser sem igual
A quem hoje oferecemos
As nossas homenagens
E a nossa admiração:
É esse Ser que sabe “Ser Mulher”.

Santos, 04/03/2009, pelo Dia Internacional da Mulher

 

 

 

SELO DE PARTICIPAÇÃO

Pegue seu selo de participação na Ciranda Especial em Homenagem ao Dia Internacional da Mulher/2009, clicando com o botão direito do mouse sobre a imagem e em salvar como.



 









 


|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||

 

Formatação Rosângela Coelho
Exclusivo para CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz
Todos os direitos reservados

Esta página é melhor visualizada pelo Internet Explorer
com resolução 1024x768.