30 DE JANEIRO-DIA DA NÃO VIOLÊNCIA E DA PAZ

EM HOMENAGEM A GANDHI

ÍCONE DA CAPPAZ

Caríssimos membros da CAPPAZ, do Brasil e do Mundo, no dia em que homenageamos a  memória de Gandhi- um dos grandes ícones da CAPPAZ, peço-lhes com veemência: por favor sejamos, por nossa conduta fraterna exemplo vivo, da verdade, do amor, da não-violência e da cooperação.

-QUE EU SEMPRE POSSA VER MUITOS CAPPAZ(es)  SENTADOS À MESMA MESA E QUE EU  JAMAIS VEJA  ALGUM MEMBRO DA CAPPAZ SAIR DA NOSSA MESA FRATERNA AO SE APROXIMAR ALGUÉM DA CONFRARIA, SEJA A MEU CONVITE OU NÃO.

Vejamos o  significado da palavra CONFRARIA: "são Irmandades favoráveis ao  amor ao próximo, continuidade dos valores culturais e constituição de identidade de um determinado grupo..." 

 É isso o que somos... um grupo, uma plêiade, na verdade, uma irmandade composta por pessoas que têm , entre outros,o objetivo de viver e repassar a cultura de paz e sentir a paz e o    bem-estar dos nossos membros.

CAPPAZ, VIVÊNCIA DE AMOR E PAZ!

Joyce Lima Krischke-Presidente-fundadora

Balneário Camboriú, 30 de janeiro de 2011-21h

 

Trata-se de uma iniciativa não-governamental e independente no âmbito mais geral da educação para a paz, a solidariedade e o respeito pelos direitos humanos.

O dia 30 de Janeiro foi proclamado Dia da Não Violência e da Paz em homenagem a Gandhi, cuja morte ocorreu neste mesmo dia no ano de 1948.

Mohandas Karamchand Gandhi, mais conhecido popularmente por Mahatma Gandhi (Mahatma, do sânscrito "grande alma", Mohandas Gandhi nasceu em 2 de outubro de 1869 em Porbandar, estado de Gujarat, Índia; faleceu em Nova Delhi no dia 30 de janeiro de 1948. Foi um dos idealizadores e fundadores do moderno estado indiano e um influente defensor do Satyagraha (princípio da não-agressão, forma não-violenta de protesto) como um meio de revolução.

Gandhi nunca recebeu o prêmio Nobel da Paz, apesar de ter sido indicado cinco vezes entre 1937 e 1948. Décadas depois, no entanto, o erro foi reconhecido pelo comitê organizador do Nobel. Quando o Dalai Lama Tenzin Gyatso recebeu o prêmio em 1989, o presidente do comitê disse que o prêmio era "em parte um tributo à memória de Mahatma Gandhi".

O site oficial do prêmio Nobel tem um artigo sobre isso, [2] (http://www.nobel.se/peace/articles/gandhi/index.html).

Ao longo de sua vida, as atividades de Gandhi atraíram todo tipo de comentário e opinião. Por exemplo, Winston Churchill chegou a chamá-lo de "faquir marrom". Por outro lado, Albert Einstein disse sobre Gandhi que as gerações por vir terão dificuldade em acreditar que um homem como este realmente existiu e caminhou sobre a Terra.

Mahatma Gandhi é considerado um dos principais expoentes do pacifismo e da luta não violenta pelo respeito e realização dos direitos humanos e da justiça. Os quatro principais pensamentos eram a verdade, o amor, a não-violência e a cooperação. Foi com eles que, não só lutou contra os maus tratos e discriminações que os indianos sofriam na África do Sul como ainda foi através deles que obteve a independência da Índia.  

O Momento Final

"Eu sei que hoje em dia irrito todo mundo. Como posso acreditar que somente eu tenho razão e que todos os outros estão errados? (...) devem dizer-me francamente que eu sou velho e que não sirvo a ninguém e que não devo me intrometer no seu caminho. Se me falarem assim abertamente eu não serei mais o estorvo do mundo."Gandhi
 
Gandhi, um dos maiores pacifistas desse século, pai da independência da Índia, aquele que tudo fez ao longo da sua prodigiosa atividade para banir a violência da vida política, terminou por dessas ironias da vida assassinado a tiros em Nova Délhi em 1948
Mal o avistaram, cercaram-no. Vinham de longe para ver o Mahatma, "a grande alma", o homem santo que os havia libertado de dois séculos de domínio britânico. Em meio ao tumulto respeitoso, num repente, espocaram três tiros. Gandhi encolheu-se no chão, baleado por uma mão que empunhara uma Beretta. As suas roupas, tecidas por ele mesmo na sua roca de fiar, mancharam-se de sangue. Os gritos da multidão comovida e indignada misturaram-se aos seus fracos e derradeiros gemidos. O apóstolo da satyagraha, a não-violência, fora executado a bala.

Dias depois um imenso cortejo, regado pelas lágrimas do pais inteiro, acompanhou pelas avenidas de Nova Délhi, a capital da Índia independente, o corpo de Gandhi, o Ram. o homem ideal do épico Ramayana, até a enorme pira funerária que ergueram para incinerá-lo. Mataram-no aos 79 anos de idade.

"A não violência é a maior força à disposição da Humanidade. Ela é mais poderosa que a mais poderosa das armas de destruição concebida pela ingenuidade do Homem." -Gandhi

ÚLTIMAS  PALAVRAS DE GANDHI AO MORRER

O Raj ghat é uma plataforma aberta onde podem ser lidas as últimas palavras pronunciadas por Mahatma Gandhi antes de morrer: "Hē Ram" (que significa "Oh, Deus"). A plataforma está localizada em um parque com fontes e árvores exóticas. 

  Pesquisa- Internet- Arte e formatação Joyce-Lu@zul







|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||


Esta página é melhor visualizada pelo Internet Explorer
com resolução 1024x768.