Jaqueline do Rocio Alves Coelho

Graduada em Serviço Social, especialista em gestão de pessoas, gerontologia e dependência química. Empreendedora social em prol do desenvolvimento humano e sustentabilidade do meio ambiente, diante da paixão pela vida, pelo ser humano e natureza. Amante da boa leitura, das artes, cultura e dos sentimentos transformados em versos. Acredita fielmente no potencial do ser humano em ser melhor a cada dia com orientação e apoio.

Confreira Efetiva.





POEMA MULHER
Jaqueline do Rocio Alves Coelho

Mulher, mãe, cuidadora...
Que em tua natureza remanesce sensibilidade.
Ultrapassa os limites do teu lar,
E com ousadia mostra teu valor, para toda sociedade.

Mulher, companheira, auxiliadora
Cuja historia de amor e de vida, exige de ti resiliência.
Ora chora, ora sorri, construindo novos rumos
Para teus frutos ou para ti, sem perder a paciência.

Mulher, política, trabalhadora
Que avança do privado para o publico, com sabedoria.
A sobrecarga das tarefas domésticas e de tua vocação
Não impedem a histórica construção, da tua cidadania.

Mulher, charmosa, vaidosa
Cuja beleza é incomparável pela essência feminina.
Tão guerreira e corajosa, jamais perde teu encanto...
Ora menina-mulher, ora mulher-menina.

Mulher, visionária, família
Seja teu ventre estéril ou fértil, tens a benção de Deus,
Para com o doce amor que flui de teu coração,
Na terra zelar, pelos filhos Teus.

Poema escrito em setembro de 2013, em Homenagem a Mulher
Inspiração pelo Seminário Rede Mulher – SAS
Equipe SRPB











 

Esta página é melhor visualizada pelo Internet Explorer
com resolução 1600x768.