CAPPAZ - Confraria Artistas e Poetas pela Paz

 
 
01.
 É Carnaval!...

Marco A.Amado

 

Chegou o cavaquinho dando o tom!

É pura magia...

Sinta o repenique, realçando o so

Vamos lá...

Caia na folia...

É carnaval!...

E a vestimenta é fantasia!

Esqueça o baixo astral...

Venha, extravase a alegria...

Pois o momento...

É de pura energia!

Brinque, cante...

Se delicie...

Sambe até o amanhecer...

Pois o ritmo é contagiante

E a ordem do dia é:

Sambar

Até o sol raiar...

 

(OCRAM 06/02/10)

02.

Desejos de Um Bom Carnaval

Kedma O'liver

Passa dentro de casa

em frente a TV

ou numa praia deserta

com o seu bem querer.

Não deixe que o desânimo

venha atrapalhar

os dias de descanso

que você tem pra passar.

Seja bem otimista

tenha muita distração

brinque com os amigos

com paz no coração.

Momentos de felicidade

faz um bom carnaval

se souber curtir

será sensacional.

Reúna os amigos

a família e o amor 

com respeito e prudência

não haverá futura dor.

Fica aqui meu desejo

de um bom carnaval

que dele possa lembrar

como algo sem igual.

03.

Amor e Carnaval

Joyce L. Krischke

(Homenagem à Márcia Brito - BRita BRazil)”

 

Amor... Carnaval com alegria

É sentimento que nos contagia

Que apascenta nosso coração

Ah, ambos podem se tornar paixão!

 

Amor e carnaval com fantasia

Belo perigo é no dia-a-dia!

Amor doce mistério desta vida...

Carnaval com máscara colorida!

 

Sabemos o que significa amor?!

Carnaval... máscara esconde dor?

Carnaval é fogo! Animação...

Carnaval sem amor é ilusão!

 

Entrei no bloco que ia passando

Amor e Carnaval saí cantando...

De branco, dancei no bloco da Paz!

 Ah, feliz... “deixando luzes pra trás.” **

 

Balneário Camboriú, 09 de fevereiro de 2010.

 

*Márcia Brito é o verdadeiro nome da confreira 

BRita BRazil/RJ Homenageada no Carnaval 2010 pela Escola de Samba Porto da Pedra/RJ como a 1ª Top Model do Brasil.

**Citação de BRita BRazil  em Tema da CAPPAZ.

 

      

 

04.

É Carnavale! 

EstherRogessi


'Carnavale'..., festa da carne, real ou surreal, festa da utopia...
Explosão de alegria, dentro d'alma doces sonhos, desejos
e anseios, 
em fantasias multicores, em meio aos muitos amores,
com eles a alegria...
Vivem sonhos mil, aquarela céu anil, sons frenéticos,
meu Brasil!
Brasil de praias belas, mulatas cor-de-canela, ora, cravos, dálias, rosas,
cantadas em versos... prosas... 
Alegria e encantamento nas passarelas do samba -
para muitos tormento -.
Verde-e-rosa  às cores dela... Mangueira, que não dá manga,
vencedora  tão amada, adentra a madrugada..., no pé,
no sapatinho...
Vencer e vencer 'Nobris Causa'.
'Pierrôs e colombinas', homem-menino...mulher-menina,
 desfilam os imortais
personagens e nada mais... Atores agora são,
atuando na vida vão,
lança-perfume e serpentinas, palhaços da vida e bailarinas...

11/02/10
 

05. 

  

Ilusões de Carnaval...

Eloisa Antunes Maciel 

 

No Carnaval da vida, cotidianamente,

Pessoas diferentes

Alentam ilusões de carnaval:

Reis momos disfarçados,

Pierrôs apaixonados,

Exibem fantasias

Em meio a alegorias,

No intento de fugir do seu inferno astral...

 

E velhas são meninas,

Face coberta pela purpurina,

Vestindo de segredos sua ilusão...

E som da sua voz é disfarçado,

Os passos vacilantes ensaiados,

Ao som de suas marchas preferidas...

Tentam banir as aflições da vida

Ao disfarçar uma desilusão...

 

E assim, no seu disfarce, os mascarados

Assumem posições de enamorados,

E creem estar vivendo um grande amor...

Mas não conseguem pura e simplesmente,

Manter a essa aventura inconsistente...

Uma aventura feita de temores,

De desencantos—e também de dores

E assim vão se render ao dissabor...

 

E as máscaras prateadas,

Ao léu da vida são abandonadas,

Somente são resquícios de ilusão...

E as velhas descoradas fantasias,

Não brilham como vestes luzidias...

E as faces que antes foram coloridas

Já não têm vez no carnaval da vida,

Refletem desalento e solidão...

 

 

06.

O Carnaval

BRita BRazil

 

Eu sou o Carnaval
Eu estou o Carnaval
O Carnaval sou eu

Estou toda Carnaval

Estou no Carnaval

Carnaval, Carnaval, Carnaval!!!

 

07.

Carnaval
Sidney Santos

Carnaval um desejo
Uma estrela, minha sina
Um doce e gostoso beijo
Você minha colombina

Eu, alegria constante
Você, minha bailarina
Sorriso a todo instante
Você, minha menina

 

08.

Bons tempos... 

 

09.
Carnaval da Vida!

J.J. Oliveira Gonçalves

 

No Carnaval da Vida sou palhaço...

Num riso, (largo!), escondo a minha Dor!

Guizos quebrados, ah... guizos de Amor...

Em lágrimas, (por dentro!), me desfaço!

 

A multidão o aplaude (e ele faz graça!)

E finge, (eu sei!), como eu, que é feliz!

Quantos palhaços de íntimo infeliz...

E a compaixão o olhar ela me embaça!

 

No Carnaval da Vida – à saideira

Quanto palhaço, triste, tem meu jeito

Nessa Ilusão fugaz que mente ao peito!

 

Somente esta dolência é verdadeira:

Cada máscara esconde uma caveira

E o riso, (que Deus fez!), foge - desfeito!

"Sem a Mãe-Natureza e os irmãos-animais a Poesia morrerá de Solidão." (JJ)

 
10.
É  Carnaval
Humberto Rodrigues Neto
 

Depois de se esfalfar o ano inteiro

o povo espera o mês de fevereiro

para as mágoas lavar no carnaval...

E é nessa transitória fantasia

que ele busca a ilusória anestesia

à dor sem cura de viver tão mal!

 
Em casa, na TV, na arquibancada
extasia-se ao vibrar da batucada
e ao gingar das cabrochas na avenida!
Todo o desfile das escolas segue,
e de alma livre, já não se acha entregue
 á corrosiva agrura desta vida!
 
Envolta em tais momescas terapias,
toda a platéia adere a tais folias
gingando aos pares, ou sem par algum!
E a bateria mescla os sons num só:
"telecoteco do borogodó...
balacobaco do ziriguidum!"
 
Mas chega a quarta-feira, e em tons ranzinzas
do carnaval só restam plúmbeas cinzas
que a madrugada vai levando embora...
Só então a plebe vê, em falaz catarse
que a farra foi o irônico disfarce da
máscara que a vida jogou fora!
 
 
11.
Carnaval...Magia...Ilusão...
Regina Azenha

Carnaval
é alegria,
magia,
ilusão...

corpos febris
embriagados
de desejos
fantasiando
paixões...

Mas quando
termina a folia
restam
apenas cinzas
de um sonho,
dentro
dos corações...
 
Santos/SP
 
12.
Carnaval das Ilusões
Regina Azenha

Visto a fantasia
da alegria
para brincar
no carnaval
das ilusões...

e,entre
confetes,serpentinas
Arlequins, Pierrots e
Colombinas,
vou mascarando
a tristeza
e espantando
a solidão...
 
Santos/SP
 
 
13.
Amor Prá Down
Joyce L. Krisch233/FONT>
 
 
A Associação Amor Prá Down é uma entidade sem fins lucrativos que reúne pais, pessoas com SD e profissionais afins, interessados por uma causa comum: melhorar a qualidade de vida e proporcionar maiores oportunidades para a pessoa com Sindrome de Down. A Associação tem sede em Balneário Camboriú /SC e foi fundada em 13 de Abril de 2000. O produto da venda das camisetas do bloco será revertida em benefício do atendimento às  pessoas com SD.
Na foto Joyce e Gislaine prestigiando o Baile de Carnaval ao ar livre  na  Praia - Abertura do Carnaval- 2010.
 
14.

Imitação da Vida

J.R.Cônsoli

  

Carnaval é alegria,

é vestir a fantasia,

que a vida nos reservou.

 

Pierrots, Arlequins e Colombinas!

Confetes coloridos, serpentinas,

saudades de um momento que ficou...

 

Três dias de folia na Avenida,

pra tudo se acabar logo em seguida,

o carnaval e a vida são quimeras!

 

São como flores que nascem coloridas,

perfumam o ar, encantam nossas vidas,

mas num suspiro caem, morrem deveras!

 

15. 

Quarta-Feira das Cinzas Carnavalescas

 

Sílvia Araújo Motta

 

É quarta-feira! Onde está a paixão?

O mascarado perde todo encanto;

usar disfarce, já não tem razão,

enamorada, triste enxuga o pranto.

 

Até o palhaço chora por traição !

Falta remédio à dor que cresce tanto;

a decepção implora seu perdão...

da solidão não quer usar o manto;

 

Durante o ano, homem faz folia;

tal carnaval, somente cinzas resta.

Sol e esperança nascem todo dia:

 

O povo luta para não ter guerra,

busca a união, promove muita festa,

para brindar amor e paz na terra.

BH/MG/Brasil, 13 de fevereiro de  2010.

 

 

16.

 

Quanto riso...

Tânia M. Souza

]

 

17.


RIO 50°...

Marco A. Amado

 

Rio 50°!

É domingo de carnaval

Cai no bloco da folia

Hoje tudo é alegria

Brincando sem parar

Na avenida estou a brincar...

O som é alucinante!

A festa contagiante!

 

O bloco arrastando a multidão

Que entoa o enredo

Sem hesitação

É tanta gente...

Algo sem explicação!

 

A temperatura do asfalto é escaldante

Mas a onda humana esquece o calor...

E canta e samba de forma fascinante

Sem pestanejar, sigo esta alucinação...

Sambando e cantando até a exaustão

São adultos, novos, idosos e crianças

Brancos, negros, pardos e amarelos

Tão grande a miscigenação!

 

Este é o carnaval

onde a democracia é real!
E a ordem é brincar

Até o samba acabar

Mas repleto de excitação...

Com esta demonstração

De ousadia e alegria!

(Ocram 15/02/10)

 

18.


Carnaval Carioca

 

Meimei Corrêa

 

Rio de Janeiro... mais um carnaval

De sons, cores e lindas fantasias...

Sei que no mundo não há outro igual

Que faça aflorar tantas alegrias!

 

A nada se compara essa riqueza

Que consegue reunir todas as classes.

As escolas de samba, que beleza,

Entram a desfilar causando impasses!

 

São olhos que se encharcam de emoção,

Comoção que se espalha na avenida

Explodindo o mais forte coração!

 

Cada qual retratando linda história,

Lá se vão as escolas tão queridas

Acalentando o sonho da vitória!

 

 

19.

Carnaval de Meus Tios

 Fernando Alberto Salinas Couto

 

Minha tia possui perna torta,

desfila no Bloco Desengonçados

e a vizinhança dá muita risada.

Mas meu tio não se importa,

pois vivem, os dois, apaixonados

e ele a considera uma linda fada.

 

Para nós, ele até grita:

- Olhem só a minha amada...

Todas de realizam no Carnaval,

mas, para mim, de madrugada,

o que ela faz, não há outra igual.

 

SP – 12/02/10

20.

Domingo de Carnaval

Ilha do Governador-Rio

 

 
 
 
 
Arte/Formatação-Joyce
Música: Samba-Enredo Porto da Pedra
Canta: Márcia Brito (BRita BRazil) - Confreira e Presidente da Seccional Rio de Janeiro/RJ
 
 





|| Página Inicial | Voltar | Livro de Visitas ||