Tânia Maria de Souza

Tânia Maria de Souza é artista plástica desde 1990, natural de Blumenau/SC e residente em Balneário Camboriú/SC desde 1996.
Formada em Letras Literatura Portuguesa e Inglesa, pela Universidade Regional de Blumenau, em 1989, é fluente também em espanhol.
Traduziu o livro de poemas (edição bilíngüe espanhol-português) de Julio César Perié (escritor argentino) A Trama do Silêncio.
Eclética em sua arte, faz trabalhos em óleo, acrílica e neopastel em qualquer estilo, do clássico ao contemporâneo. Pinta retratos. É amante da Fotografia.
Foi selecionada e participou do 3º. Salão de Novos Artistas de Itajaí/SC de 20 de outubro a 19 de novembro de 2006.
Tem obras nos acervos da Biblioteca Pública de Balneário Camboriú e na Univali – Universidade do Vale do Itajaí, em Balneário Camboriú/SC, e um painel na Praça da Integração, em Balneário Camboriú/SC.
Foi Presidente do GAP – Grupo de Artistas Plásticos de Balneário Camboriú/SC de março de 2007 a março de 2009, associação da qual faz parte desde agosto de 2005.
Realiza diversas exposições indivuais e coletivas em espaços públicos e privados.

Confreira Efetiva.








Para ver a imagem em seu tamanho original, clique aqui.



Ainda há vida (1988)
Tânia Maria de Souza

Ainda existe um gatinho
a subir no muro
Ainda existe uma flor
a desabrochar na terra
Ainda existe uma luz
a brilhar no escuro
Ainda existe um trem
a subir a serra.

Enquanto existir um gatinho
que um muro possa subir
uma terra
que uma flor possa nutrir
um escuro
que uma luz clareie
e uma serra
onde um trem passeie

Haverá’inda esperança!
Haverá’inda alegria
brilhando nos olhos de uma criança
cantando a vida a cada dia!